mejores doctores en América Dapoxetina elección de plan de seguro médico
6 In photography

6 dicas para te preparares para uma sessão fotográfica

Hoje em dia, as sessões fotográficas estão longe de ser só para modelos. Cada vez mais pessoas recorrem a serviços de fotografia para preservarem a sua própria imagem, muitas vezes não apenas pela imagem em si, mas pela necessidade de guardar memórias físicas de uma altura das suas vidas que foi particularmente feliz.

Se estão a pensar em deixar-se fotografar pela primeira vez ou se não têm muita prática em serem fotografados por outras pessoas, as dicas deste post são para vocês. 🙂

Escolhe bem o teu fotógrafo

Se vais recorrer a alguém dedicado à fotografia, dá uma vista de olhos no seu portfólio para teres uma ideia do estilo dele (ou dela). Claro que o fotógrafo vai sempre tentar ir de encontro às vossas expectativas e ao que pretendem como resultado final, mas cada fotógrafo tem um estilo próprio, o qual não se vai alterar de forma radical só para a vossa sessão. Por isso, vejam se o estilo vai de encontro àquilo que vocês procuram. Eu, por exemplo, adoro um estilo mais melancólico, meio “escuro” e não tanto a fugir para os tons brancos e vibrantes. Assim deste género:

Cria um mood board no Pinterest

lana2

Sempre que alguém me contacta porque quer ser fotografado por mim, a primeira coisa que peço é que façam um mood board no Pinterest para que eu possa perceber melhor aquilo que vocês gostam e se há elementos consistentes entre as fotos que vocês escolhem para lá colocar de forma a que eu consiga ir de encontro àquilo que vocês esperam da sessão fotográfica.
Isto tanto é bom para o fotógrafo como para vocês, que ficam com uma ideia de como posar, que ambiente querem para as vossas fotos e até vos ajuda a escolher o local para a sessão fotográfica. 🙂

Vê-te ao espelho

portrait3

Sim, é isso mesmo. Pode parecer cliché, mas olhar para ti mesma ao espelho vai ajudar-te a sentir mais confiança em frente à objectiva. Vê que poses funcionam melhor para o teu corpo – conhece-lo melhor que qualquer outra pessoa – e quais são as tuas melhores expressões faciais. Brinca com o cabelo, faz caretas para relaxar a cara e tenta imaginar que expressões queres eternizar nas tuas fotos. No dia da sessão fotográfica, o fotógrafo vai lá estar – claro – para te dar direcções sobre como posicionares o teu corpo e o que fazer com os braços, cara, etc., mas é sempre um bónus enorme tu levares algumas noções de como queres aparecer nas fotos.

Fala, partilha as tuas ideias!

portrait

No dia da sessão fotográfica, não te acanhes! Se houver alguma coisa que te deixa desconfortável, fala! A sessão é tua, estás a pagar por ela e é bom que ela corra ao teu gosto! Acredita, o fotógrafo só quer é que estejas relaxada e à vontade. 🙂 Sente-te também à vontade de sugerir lugares dentro do espaço em que se encontram e de perguntar se uma pose de que gostas particularmente funciona bem ou não. Mais uma vez: a sessão é tua.

Sê autêntica, até na escolha da roupa e da maquilhagem

portrait2

Cierra Ramirez

Olha, olha, outro cliché! “Sê tu própria” é dos maiores clichés de que me lembro, desculpem-me por isso, mas há como ignorar o poder deste conselho neste contexto! O que quero dizer é que não tentes parecer alguém que não és. Se és uma pessoa “normal” (= que não é modelo), a tua sessão – em princípio – não será um editorial de moda, por isso evita usar qualquer coisa que te deixe desconfortável, quer sejam roupas, sapatos ou maquilhagem. Porquê? Porque se te sentires desconfortável e demasiado fora do teu elemento, o teu desconforto vai passar para as tuas fotos. Acredita, vai notar-se imenso que estás rígida e os teus olhos, boca e corpo vão trair-te e mostrar-se contraídos.

Não digo que não capriches no visual, mas capricha como capricharias sendo fiel a ti mesma noutra ocasião que peça um visual mais caprichado. Capiche? 😉

Escolhe bem o local

local: skate park

local: skate park

Para mim, a escolha do local da sessão fotográfica é tão importante como os restantes detalhes. O local tem que se adequar à tua visão para a sessão (e que deve estar algures explícita no teu mood board do Pinterest). Se não conheceres nenhum local que vá de encontro à tua visão, pede sugestões ao teu fotógrafo! 🙂

Conclusão

Como expliquei neste post (que foi um dos meus favoritos do ano passado), não acredito minimamente que os retratos sejam narcisistas. Se os nossos pais não tivessem sido fotografados por outras pessoas no passado, anos antes de termos nascido, como é que conheceríamos o seu aspecto enquanto jovens? Como saberíamos como se vestiam, o que faziam nos seus tempos livres ou até como eram os lugares que escolhiam para passar tempo?

Para mim, os retratos mostram tudo isto e muito mais. Como sabem, é o meu género fotográfico favorito e já fotografei várias pessoas para o Joan of July Photography. Gosto tanto que vou continuar a fazê-lo – com sorte – cada vez mais. 🙂

joan-of-july-photography-blog

O meu novo e lindo logótipo feito pela Ana Garcês 🙂

Espero que tenham gostado deste post, que vos tenha sido útil e que – já agora – visitem o meu novo site de fotografia, o Joan of July Photography. Se estiverem interessados em marcar uma sessão fotográfica comigo, não hesitem em enviar-me um email para hello@joanofjuly.com 😀

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply
    Diana
    23/03/2016 at 1:00 PM

    Estava mesmo a pensar meter-me contigo e dizer “olha aqui estão boas dicas para quando me fotografares, Cat.” e depois li para não hesitarmos em mandar e-mail a marcar uma sessão fotográfica 🙂
    Mas eu tenho demasiada vergonha para isso, para já. Mas a ser, será contigo. 🙂

    • Reply
      joan of july
      23/03/2016 at 4:07 PM

      Vergonha? De quê? :O Eu ia adorar fotografar-te Diana, sabes? 😀
      De qualquer forma, podes sempre ir montando o mood board no Pinterest, quem sabe se não te dá mais vontade de perder a vergonha e avançar com a tua ideia para a sessão? :)**

  • Reply
    Raquel
    23/03/2016 at 6:56 PM

    Adorei as tuas dicas! Não sei se, por acaso, cumpri todos esses passos antes da sessão contigo, mas pelo menos na parte do à-vontade tu deixas qualquer pessoa com uma vibe fantástica 🙂

    • Reply
      joan of july
      05/04/2016 at 1:03 PM

      Oh, que querida Raquel! Fiquei tão contente quando li essas tuas palavras, muito obrigada. <3
      E sim, cumpriste todos os passos e mais alguns!

  • Reply
    Carolina
    23/03/2016 at 11:40 PM

    Adorei, não podia concordar mais com estas dicas! Também adoro fotografar retratos, e definitivamente não os acho nada narcisistas! Tal como dizes, são uma dádiva que nos permite recordar e conhecer os nossos antepassados.
    Aproveitei também para visitar a tua página de fotografia e tens ótimos trabalhos lá, adorava ver mais! Inspirou-me para começar uma minha um dia já que também sou amante da área 🙂 Beijinho*

  • Reply
    Maria
    24/03/2016 at 3:28 PM

    Gostei bastante deste post e das dicas. Eu prefiro estar do lado de cá da máquina fotográfica, mas imagino que seja uma experiência muito boa estar do outro lado, em sessões deste género. De dizer que as primeiras duas fotografias estão simplesmente fantásticas 🙂

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge