Photoshoot: a free bird called Marta

Posted on

Quem conhece a Marta, nem que seja apenas pelos seus blogs – o Shanti Free Bird e o Viver a Viajar – facilmente se aperceberá que ela é precisamente isso, um espírito livre.
Parte do que a faz viver a vida com tanto entusiasmo, optimismo e inspiração deve-se às imensas viagens que já fez por todo o Mundo (já são mais de 40 e tal países na lista da Marta!) e isso nota-se no seu sorriso, na sua maneira de ser e na forma como encara a vida. Afinal, quando se viaja tanto, acaba por se trazer pedacinhos dos lugares visitados e das pessoas com quem se travou conhecimento durante as viagens.

Há algo de muito despretensioso no sorriso da Marta e algo muito reconfortante no facto de não

Photoshoot: feeling the magic of Sintra with Joana Clara

Posted on

A minha última sessão fotográfica foi com a Joana Clara, que muitos de vocês certamente reconhecerão do Instagram e Blog Às Cavalitas do Vento.
Conheci a Joana pessoalmente no Bloggers Camp, para o qual a tinha convidado para ser oradora. Já era amiga da Joana no Facebook há uns aninhos, pois tínhamos amigos em comum, mas nunca tinha estado com ela. Para quem nunca conheceu a Joana, só precisam de saber que ela

Photoshoot: a Sunday stroll around sunny Lisbon with Joana

Posted on

Era domingo e estava um sol espectacular com temperaturas nada típicas do mês em que estamos. Lisboa estava maravilhosa sob esta luz fantástica, por isso estava cheia de vontade de fotografar. O local escolhido foi inicialmente a Estufa Fria de Lisboa (da qual vos falarei mais tarde), mas como a Joana vinha de longe e perdeu um comboio, fizemos rapidamente um plano B.

Como não estávamos condicionadas por factores climatéricos nem por falta de luz natural, Lisboa era praticamente um recreio à nossa disposição.
Decidimos permanecer na zona do

Photoshoot: nightfall and coffee shops in Lisbon (with Raquel)

Posted on

Conheci pessoalmente a Raquel neste passado domingo, mas com aquela estranha impressão de que já a conhecia. Sabem como é, uma pessoa troca comentários com outra na blogosfera e lê o blog dela e pronto, já sente que a conhece há um par de anos. Foi esse o caso.

Inicialmente, tinha pensado em algo diferente para esta sessão fotográfica, mas a meio da semana comecei a ver todos os sinais de que iria ser um domingo chuvoso, por isso achei melhor a sessão ser em interior.

Para o efeito, sugeri o

Lobos: os mitos, a perseguição e como podemos ajudar a preservá-los

Posted on

Apesar de existirem inúmeros animais mais exóticos por este mundo fora, nunca outro animal me fascinou tanto quanto o lobo.
Talvez seja a culpa dos contos de fadas, que ilustram este animal como sendo profundamente misterioso, solitário e de intenções duvidosas, algo que – se forem como eu que sempre me deixei atrair pelo ‘dark side‘ de todas as histórias – em muito contribui para esta atracção.

Mas, por outro lado, não é justa a forma como os populares contos de fadas tornam sempre o lobo no mau da fita. Lembram-se d’Os Três Porquinhos? Ou, ainda melhor, do Capuchinho Vermelho?
Existe uma explicação para esta representação do lobo nos contos infantis:

Memórias de Verão no Porto: os mergulhos dos meninos da ponte D. Luís

Posted on

Diz-se que o Outono chegou esta semana, apesar de ainda não se fazer sentir. Às vezes, a mudança de estação dá-se primeiro em nós e, só depois, no ambiente. Acredito que sentimos a chegada do Outono quase ao mesmo tempo que as folhas que começam gradualmente a mudar de cor.
E com a chegada de uma estação mais fria, terminam certos rituais que se realizam tipicamente no verão.

É como caso dos “mergulhos dos meninos da ponte D. Luís”, como gosto de lhes chamar e que, este ano, testemunhei durante o meu passeio com a

So I’m letting myself get photographed professionally soon! (any advice?)

Posted on

Nunca fui daquelas pessoas que olha a câmara de frente, de forma natural e completamente desinteressada pela forma como a foto vai sair, característica essa que atribuo às pessoas que se sentem totalmente à vontade em frente à lente.

Talvez esse meu defeito tenha a ver com o facto de me ter habituado e me ter começado a sentir confortável exclusivamente atrás da lente.

Entretanto o tempo foi passando e, ao ver as milhares de fotografias que tirei nos últimos tempos (viagens incluídas), constatei

Photoshoot: Into the Woods (with Ana Sofia)

Posted on

O dia em que fotografei a Ana foi uma daqueles que assinalam pontos de viragem no ano. Neste caso, o ponto de viragem foi o momento em que senti que o Outono se estava a instalar, discreto, mas em força. Senti-o no ar no parque em que fotografámos e vi-o na folhagem das árvores, algumas delas metade vestidas de verão e metade já de Outono, proporcionando um espectáculo visual magnífico.

À minha modelo daquele dia, era também a primeira vez

Photoshoot: Baby B

Posted on

A sessão de fotos que fiz com a Baby B, filha da minha amiga Ana – cujo babyshower mencionei aqui -, foi a primeira e, até agora, única que fiz com um bebé.

Com esta experiência, descobri que, ao contrário do que acontece quando se fotografam adultos, não é preciso criar condições para que o bebé mude de expressão ou para que se mexa. Também ao contrário dos adultos, os bebés não têm noção do seu aspecto físico, por isso não estão minimamente preocupados com a forma como vão ficar nas fotos.

Como podem imaginar, este pequeno pormenor é

11º aniversário: passeio dos templários (Almourol, Dornes e Tomar)

Posted on

A tradição de irmos para fora quando fazemos anos de namoro já é antiga. A bem verdade, sempre foi assim, mas se nos primeiros tempos era porque já nos encontrávamos longe de casa de qualquer forma (nos três primeiros anos, em Paredes de Coura), nos tempos seguintes foi uma decisão pensada. Houve um aniversário que passámos em Lisboa, mas mesmo assim ficámos a dormir num hotel. Assim parece sempre que estamos longe de casa. 🙂
Adoro esta nossa tradição e quero que a cultivemos durante anos e anos vindouros.

Como vos mostrei aqui, no ano passado fomos a Marvão. Este ano, ele fez-me novamente surpresa, recusando durante semanas revelar para onde íamos. Também parece que já faz parte da tradição ele dar-me baile até ao momento