Guia de filmes para este Halloween por intensidade de susto

Posted on

Se já me conhecem há tempo suficiente – aqui no blog ou pessoalmente – saberão que sou uma “Halloween person”. Para mim, o dia 31 de Outubro é um dia maravilhoso que dá direito a fazer coisas que normalmente não se fazem no resto do ano e é uma excelente desculpa para ver filmes de terror non-stop!
Se são cá dos meus e adoram assustar-se com filmes, não vou vou poupar. Mas se, pelo contrário, querem entrar no espírito Halloween com o mínimo de cicatrizes mentais possíveis, também vos ajudo a escolher os filmes perfeitos para amanhã.

E como o Halloween é o “Dia das Bruxas”, deixei fora da lista aqueles filmes em que o terror advém de pessoas reais. A minha “cena” é (como vão ver) o paranormal. Posto isto, aqui ficam as minhas sugestões de filmes para o Halloween!

Kid & Family-friend Halloween movies

Frankenweenie (2012)

Um filme de animação criado por Tim Burton e completamente a preto e branco que é perfeito para um serão de Halloween em família.
A história gira em torno do pequeno Victor Frankenstein e do seu cão Sparky, a estrela dos vídeos de terror caseiros feitos pelo dono. Um dia, Sparky é atropelado por um carro e Victor decide trazê-lo de volta à vida da forma que ele sabe e que usará, anos mais tarde, para dar “vida” à sua maior criação, o monstro de Frankenstein.

Beetlejuice (1988)

Também de Tim Burton, este filme é antigo, mas não desilude. É divertido e assustador q.b. para crianças, mas sem deixar marcas emocionais e traumas para a vida toda, tornando-o uma excelente opção para ver também em família.

Beetlejuice é um fantasma completamente louco que é invocado por um casal de fantasmas que habita uma casa também habitada por humanos…vivos. Desesperados por se verem livres do casal de vivos, pedem a Beetlejuice que os assuste de forma a que estes deixem a casa para sempre.

Corpse Bride (2005)

Outro do Tim Burton. Sorry, sou fã. Dá para perceber? Este é outro que veio parar direitinho aos filmes kid-friendly e com boa razão.

A história começa quando Victor (sim, outro Victor) entra em pânico no dia do casamento e foge. Pelo caminho, atravessa um cemitério onde, por engano, coloca um anel num dedo em esqueleto. Nesse preciso momento, aparece a noiva cadáver, com quem casou por engano.
Para além da história e das animações que já valem bem a pena, há ainda uma banda sonora maravilhosa e que faz com que valha ainda mais a pena ver este filme num fantástico serão em família.

Outros filmes que podem ver em família:

Edward Scissorhands (1990)
Casper (1995)
Halloweentown (1998)
Gremlins (1984)
Nightmare Before Christmas (1993) – embora, para mim, esteja filme evoque mais o Natal do que o Halloween. 😛
The Addams Family (1991)
Coraline (2009)

Moderately scary/disturbing movies

The Craft (1996)

Nem consigo começar por explicar o quanto eu adorava este filme quando era adolescente (14/16 anos)! Vi-o sei lá quantas vezes e estou cheia de vontade de o rever.
É sobre quatro raparigas estudantes num colégio católico que descobrem na prática de feitiçaria um meio para se vingarem de quem pratica injustiças contra elas. Mas este é um clássico caso de “quando o feitiço se vira contra o feiticeiro” e cedo percebem que há sérias repercussões quando se recorre à prática de magia.
O ambiente do filme tramsite insegurança e ansiedade, apesar de não ser assustador no sentido de ver coisas paranormais, mas o poder dos elementos e da magia são moderadamente assustadores.

Sweeney Todd (2007)

Lá estou eu outra vez com o Tim Burton! O que é que posso fazer? O homem é brilhante a fazer filmes dark/creepy. Mas neste caso do Sweeney Todd, achei que pertencia a esta lista de filmes, em vez de aos filmes para ver em família por uma simples razão: sangue. Há muito sangue a jorrar neste filme, normalmente da garganta.

Sweeney Todd (Johnny Depp) é, na realidade o alter-ego de Benjamin Barker, um barbeiro de Londres, que fora outrora casado com Lucy, uma belíssima mulher, com quem tinha uma filha pequena, Johanna. A beleza de Lucy captou a atenção do juiz da cidade, que acusou o barbeiro de um crime que não cometeu para lhe ficar com a mulher. O barbeiro fugiu, o juiz apropriou-se de Lucy, que engoliu veneno e enlouqueceu, e de Johanna, de quem tomou conta até ao regresso de Benjamin, agora chamado Sweeney Todd.
De volta e cego pelo desejo de vingança, Todd estabelece-se novamente como barbeiro em Londres por cima da loja de tardes de Mrs. Lovett (Helena Bonham Carter) e faz uso das suas navalhas para cortar a garganta de homens influentes da cidade de forma a treinar para quando chegar a vez do juiz…
Depp e Bonham Carter contracenam juntos em vários filmes de Tim Burton, mas este é, sem dúvida, aquele em que estão melhor (na minha humilde opinião) e o que tem as melhores músicas. Sou louca por esta banda sonora!

Sleepy Hallow (1999)

Outro grande, grande favorito meu! Lembro-me perfeitamente de vê-lo no cinema, ai nostalgia…
Esta filme não é apenas perfeito para o Halloween; é simplesmente lindo visualmente. Adoro os cenários, as roupas, tudo! Claro que há gostos para tudo e os meus são geralmente esquisitos, mas não deixa de ser a minha opinião. 🙂

A história é uma lenda antiga, a “Lenda do Cavaleiro sem Cabeça” e começa quando Ichabod Crane se desloca a Sleepy Hallow para investigar uma série de decapitações misteriosas em que as cabeças decepadas simplesmente desapareceram.

Interview with the Vampire (1994)

Um grande clássico do cinema e, na minha opinião, um filme imperdível se nunca o viram! Eu vi, revi, revi,… O que é fantasticamente explorado neste filme em relação a outros filmes de vampiros é o sentimento de vazio e solidão de quem vive eternamente. Para além disso, há a fantástica interação do Brad Pitt e do Tom Cruise, uma intervenção dramática do António Banderas e o início da então promissora carreira da Kirsten Dunst.

outros filmes moderadamente assustadores/perturbadores:

Maggie (2015) – yay, zombies, faltavam zombies!
Stake Land (2010) – yay, zombies, pt.2!
Dracula (1992) – yay, mais vampiros!
Queen of the Damned (2002) – yay, mais vampiros, pt.2!

Super hardcore scary/disturbing movies

The Exorcist (1973)

O mais célebre filme de terror de todos os tempos que o é por alguma razão. Algumas pessoas podem gozar com frases d’O Exorcista, gozar com a projecção de vómito, com os efeitos antigos do cinema dos anos 70, mas damn… apesar de tudo ainda me assustou terrivelmente quando vi pela primeira (e única) vez quando tinha 15 anos. De qualquer forma, é e sempre será um filme de culto para todos os fãs do género de terror.

The Exorcism of Emily Rose (2005)

Sim, mais um exorcismo, mas este sim já tem efeitos modernos e caraças, tive tanto, mas tanto medo! Primeiro porque é baseado num caso verídico que, caso se acredite quer não em possessões demoníacas, houve um episódio bizarro que aconteceu com uma rapariga real. Agora, se era o demónio ou não (provavelmente não, né?), não sei, mas que as gravações da voz da Emily Rose original (Anneliese Michel era o nome dela) são de arrepiar, ah isso são.
Ainda no filme, há uma cena que nunca esqueci e que me marcou para sempre; é uma cena passada num estábulo durante uma noite de tempestade na qual, confrontada por um padre, a Emily Rose, ou melhor, os demónios que possuíam a Emily Rose se apresentaram, um por um… Vejam a cena aqui.

The Ring (2002)

Nem me vou dar ao trabalho de explicar ao detalhe em que consiste este filme, porque praticamente toda a gente conhece a história, basta dizer que é o filme da menina do poço. Fui vê-lo com amigas quando tinha 15 anos e toda uma sala de cinema só para nós. Escusado será dizer que morri de medo (exactamente como gosto de me sentir durante os filmes de terror).

A seguir, fui para casa, apanhei uma mini tempestade inesperada de granizo, vi uma escada como a que se vê no “vídeo maldito” do The Ring e, mal cheguei a casa (estava sozinha), tocou o telefone… MEDOOOO! Estão a imaginar o rol de coincidências? Só ninguém me respondeu do outro lado “Seven days” porque eu nem atendi!

(sim, foi só por isso mesmo…)

The Grudge (2004)

Os japoneses são os mestres das lendas urbanas de tirar o sono (já li cada uma que vocês nem imaginam…) e a prová-lo, eis o The Grudge!
O filme assenta numa lenda “real” (não foi criada apenas para o filme e faz parte do folklore japonês) que diz que quando alguém morre vítima de circunstâncias terrivelmente violentas, a sua dor e desespero criam uma entidade no sítio onde morreu. Cada pessoa que se cruza com esse sítio fica amaldiçoada e morre uma morte tão violenta como a entidade e a maldição repete-se over and over.
Fantástico, não é? Nada assustador… nada… Só fiquei traumatizada durante anos com este filme. 😡

The Taking of Debora Logan (2014)

Este foi um dos que vi mais recentemente. Gosto dele por ser diferente da maioria dos filmes que se fazem hoje em dia, depois de 2010. Não revolve em torno de uma casa com um espírito residente, é isso que quero dizer.
Deborah Logan é uma mulher mais velha a lidar com os primeiros sinais de Alzheimer e que se deixa filmar por uma estudante com o objectivo de fornecer um retrato real da vida daqueles que sofrem desta doença.
Mas… será mesmo a doença que atormenta Deborah Loagan? Já sabem que não, porque isto é um filme de terror, mas se gostam do género vale meeeesmo a pena e acreditem que vão levar uns sustos valentes!

The Clown (2014)

Outro que vi muito recentemente.
O título não engana, é sobre um palhaço, o que só por si já me assusta o suficiente, já que sempre fui daquelas pessoas que detesta palhaços (desculpem se alguém tem esta profissão, não são vocês, sou eu!).
Em The Clown, existe um miúdo que faz anos e que tem uma festa xpto prestes a acontecer, mas o palhaço encarregue da animação da festa cancela à altura hora.
Ora, o pai do miúdo que é agente imobiliário, encontra uma arca antiga numa das casas que está a vender e abre-a. Lá dentro – coincidência das coincidências – encontra um fato de palhaço! Que conveniente… Resultado, o pai veste o fato, mas mais tarde quando vai tirar, ele não sai! Nem o nariz nem a peruca de palhaço! Os elementos de palhaço estão a fundir-se com a sua pele, porquê? Porque o fato era feito a partir da pele do corpo de um demónio que se mascarava daquela forma para atrair e matar crianças. Agora, para se livrar daquilo, tem ele próprio que matar 5 (acho que são cinco) crianças, de forma a apaziguar o demónio e para voltar ao que era.
Great, just great…

outros filmes hardcore scary/disturbing:

The Others (2001)
The Conjuring (2013)
The Houses October Built (2014)
The Orphanage (2007)
May (2002)
Evil Dead (2013)
Insidious (2010)
Sinister (2012)
Mama (2013)
Annabelle (2014)

 

Espero que gostem desta listinha e que tenham um bom Halloween! 😀
Agora digam-me, quais são os vossos filmes de terror favoritos, mega assustadores e que me recomendam?

9 Comments

  1. Vanessa says:

    Já os vi a todos e são mesmo excelentes escolhas! 😀

    1. joan of july says:

      Obrigada, Vanessa! 😀
      Se tiveres alguma recomendação para mim, chuta! 😀

  2. Carolina says:

    3 dos filmes de que falas neste teu artigo estão no topo dos meus filmes de Halloween preferidos (por acaso, escrevi esta manhã um post sobre eles). E tens razão, Sleepy Hollow é mesmo fantástico !
    Outros, sobretudo aqueles mais “hardcore” como lhes chamas, ainda nunca os vi por isso agradeço as sugestões e talvez este ano deixe de lado os de sempre e arrisque num dos mais assustadores :p

  3. Marta Chan says:

    O que gosto mesmo do halloween e da parte de me mascarar e ir pra festa haha mas comprei uma revista especial halloween agora que tive nos EUA e fiquei com vontade de experimentar umas receitas giras e deliciosas com desenhos de aranhas, bonecas diabólicas e afins.

    Sou uma medricas com filmes de terror mas acho que o clássico pesadelo em elm street e muito bom!! Os piores filmes de terror em termos de ficar uma hora depois estática a pensar no que vi foram: the hostel e o massacre no Texas… Se calhar por serem histórias verídicas?! O the Ring e dos meus filmes preferidos, está muito bem feito, durante uma semana depois do ter visto ainda via a miuda com cabelos negros enormes em todo o lado. Os de exorcismo são muito intensos mas tb gosto de ver hehe acho que e a adrenalina que trazemos ao nosso coração que fazem com que veja este genero de filme, mesmo que não seja o tipo de filme que mais goste.

    Estas interessada em livros desta temática? Vi este post hoje talvez te interesse:

    http://melinasouza.com/2015/10/25/livros-para-o-halloween-2/

    Happy halloween 😀

    1. joan of july says:

      Também acho que vou experimentar umas dessas receitas amanhã, pelo menos é esse o plano! 😀
      O The Ring ainda me atormenta, confesso :/ Mas eu gosto disso! Sabias que os filmes em que as pessoas é que são as vilãs não me assustam tanto, apesar de serem mais realistas? Não sei porquê, talvez por achar que contra elas tenho hipóteses, contra espíritos e demónios… not so much. 😛

      Siiim! Ainda ontem guardei esse post do Serendipity, até porque babo sempre que vejo as fotos bonitas da Melina! <3 Obrigada, Marta!

      Happy Halloween!!

  4. Cátia Costa says:

    Que post excelente! Eu gosto tanto de filmes de terror e nunca sei quais hei-de ver, porque há coisas tão más…tão más – se bem que, às vezes, de tão más, tornam-se boas ahahah
    Vou guardar esta lista para a vida! Há vários que nunca vi!

    http://amarinar.blogspot.pt/2015/10/drink-tea-save-money-blog.html

  5. Analog girl says:

    Sugestões bastante próximas das minhas preferências. Tenho de ver alguns daqui que não conhecia. Entretanto talvez não seja o teu género, mas e aquela longa (e praticamente extinta) tradição de fazer filmes assustadores de assassinos de adolescentes em série?

    Ontem revi o Scream 3 e teve a sua piada e reparei que não mencionas este estilo aqui na tua lista. Fiquei curiosa de conhecer se algum te ficou. Eu confesso que o Scream foi daqueles que acarinho, talvez por ter ido ver ao cinema na minha adolescência. Mas deste género, apenas pelo gozo continuo a gostar muito do “Mitos Urbanos” (1 e 2) e do Sexta-feira 13. 🙂

  6. Micaela says:

    Olha,de todos o que eu mais gostei foi o exorcismo de Emily Rose.

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge