It by Alexa Chung book review

Posted on

Este é apenas o meu terceiro dia completo de férias no Algarve e o status de leitura é este: dois livros iniciados em Lisboa terminados + dois livros lidos de uma ponta à outra.
Um dos que terminei foi o “It” da it-girl, modelo e apresentadora Alexa Chung. Não que haja muito para terminar, uma vez que não tem muito para ler, mas agora que já deixei esta leitura para trás, já vos posso dar a minha opinião sincera, tal como darei dos restantes acerca dos quais me perguntaram no Instagram, um deles o livro da Mindy Kalling (“Is Everyone Hanging Out Without Me?”).

Mas por agora, foquemos-nos apenas no “It”.

“It” by Alexa Chung: book review

Se pudesse descrever este livro numa frase pequena seria: Sequência de pensamentos aleatória.
Não existem exactamente capítulos condutores do raciocínio do leitor. A organização parte toda da mente da Alexa Chung e isso tanto pode ser bom ou mau. Quanto a isso, é uma questão da preferência do leitor.

Por um lado, temos uma visão mais fiel, real e crua de como Alexa Chung pensa, sente e vê o mundo à sua volta. Por outro, é possível que se sinta alguma falta de estrutura.

Eu, pessoalmente, gosto deste tipo de visão e organização do livro, uma vez que dá uma espécie de “sneak peek” da verdadeira personalidade da autora.

No entanto, aquilo de que sinto mais falta é de “sumo”. Não há verdadeiramente uma história, mas sim pensamentos soltos. A Alexa não fala muito da sua vida privada, social e familiar de uma forma directa (salvo raríssimas excepções), mas mais de conselhos e – lá está – de pensamentos aleatórios. Do tipo que poderiam resultar muito bem num blog, mas que num livro… hmm, not so much.
Se alguém que não é uma celebridade tentar publicar algo do género, não vai ter grande sorte. A única razão para alguém ler um livro como este só poderá ser por pura admiração ou curiosidade, caso contrário ninguém quererá saber dos vossos pensamentos aleatórios.

Posto isto, tenho a dizer que achei alguma piada às fotos e ilustrações que acompanham as páginas. A maioria das fotos são antigas, analógicas e até algumas polaroids se encontram, sendo que a maioria das pessoas fotografadas são amigos de Alexa ou style-crushes improváveis desta it-girl. (SPOILER ALERT: Jeremy Irons).

A minha avaliação: 2/5

Leiam/comprem este livro se:

  • Adoram a Alexa Chung e querem absorver tudo o que há para saber sobre ela (embora, como já disse, ela não fale muito da vida pessoal);
  • Não têm nada para ler na praia e não vos apetece ler livros que dêem muito para pensar.

2 Comments

  1. Helena Pereira says:

    Eu tenho este livro por simples curiosidade. Ainda não o li, mas também não estou a contar ficar maravilhada. E comprei a versão capa mole, porque não queria dar tanto dinheiro por um livro só por curiosidade.

    Lena’s Petals xx

    1. joan of july says:

      O meu também é capa mole. E sim, fazes bem em não ter grandes expectativas. 😛
      Mas é girinho. Não tem muito para ler, daí até ser bom para as férias.

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge