mejores doctores en América Dapoxetina elección de plan de seguro médico
4 In food/ personal

O nosso primeiro Dia de Acção de Graças (e as minhas receitas)

Bem sei que o Dia de Acção de Graças (Thanksgiving Day) é uma tradição americana que remonta ao passado e aos tempos dos colonos e dos índios da Nova Inglaterra (Estados Unidos da América), mas sempre me imaginei a celebra-lo por cá, pelo menos da forma como o fazem nos filmes.
Estou a falar da comida maravilhosa sim, mas principalmente do ritual de enumerar as coisas pelas quais estamos gratos.

Mas primeiro, vamos à comida.

Como decidi fazer o Thanksgiving cá em casa só para quatro pessoais (eu, o namorado e mais dois amigos), foi-me aconselhado por várias pessoas a não fazer perú porque era muito grande, ia demorar imenso tempo a assar, etc. etc. E eu, apesar da minha normal teimosia… cedi. Frango do campo it is!
E fiz bem.
Fui assando o frango na quarta-feira à noite e, depois, quinta-feira de manhã, uma vez que sabia que ia chegar tarde a casa e não ia ter tempo de assar frango.

 photo carving-the-turkey_zpscjhpyevt.jpg

Depois de ter chegado a casa já depois das 19h e de ter ido às compras antes (comprar o que faltava), assumi uma postura Masterchef e fiz o resto da refeição à velocidade da luz (ou assim me pareceu): as batatas, o recheio (stuffing) e a tarde de maçã. Eu sei que devia ser abóbora, mas olhem, prefiro de maçã e era algo que eu nunca tinha feito antes e sempre quis fazer, até porque é a minha sobremesa favorita.

E ficou assim.

 photo apple-pie1_zpsziyxbhqv.jpg

Not bad, huh? 😀 Foi a primeiríssima vez que fiz uma tarte de maçã e estava deliciosa! Como em qualquer outra receita que eu tente seguir, aldrabei-a, mas acabou por funcionar a favor de toda a gente.

Passo a explicar. A receita original é esta:

Ingredientes

1 massa folhada redonda (pré-feita)
6 maçãs
3 ovos
2 colheres de sopa de açúcar amarelo
2 pacotes de natas
2 colheres de sopa de vinho do Porto

Preparação

Pré-aquecer o forno a 180º. Descascar as maçãs e cortá-las em gomos. Misturar as natas com o açúcar, o vinho do Porto e os ovos. Untar uma tarteira com manteiga e polvilhar com farinha. Colocar a massa folhada. Espalhar as maçãs na massa e levar ao forno durante cerca de 15 minutos. Retirar e deitar o creme por cima. Levar de novo ao forno mais 20 minutos. Polvilhar com açúcar.

(receita original daqui).

O que fiz de diferente foi substituir a massa folhada (porque não havia no supermercado) pela massa de quiche da Bimby (receita aqui), mas sem a pitada de sal e com mais um bocadinho de açúcar. Estou super feliz por ter tomado esta decisão, porque acho que ficou ainda melhor do que teria ficado com a massa folhada de compra. 😀

Para o stuffing do frango baseei-me nesta receita, embora tenha inventado MUITO. ahahah

 photo apple-pie2_zpshnn0tvyo.jpg

E para acompanhar? Vinho quente com especiarias! 😀

 photo vinho-quente_zpseldvclku.jpg

Coisas pelas quais estou grata este ano

E porque o Thanksgiving significa literalmente “dar graças”, o dia não estaria completo sem enumerar as coisas pelas quais estou mais grata este ano, que são:

  1. os meus amigos, família e gatos;
  2. o meu namorado;
  3. ter conseguido (com as minhas partners in crime) concretizar a ideia que tínhamos para o Bloggers Camp;
  4. ter feito novos amigos e conhecido pessoas maravilhosas e inspiradoras ao longo do ano.

E vocês, celebram esta data? Quais são as coisas pelas quais estão gratos este ano? É que, na verdade, não precisamos do Thanksgiving para fazer este pequeno exercício mental de gratidão. 🙂

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply
    Ana S.
    30/11/2015 at 2:58 PM

    Que bom aspecto! O vinho quente com especiarias é que nunca experimentei :\
    Não celebro esse dia, mas reconheço que é uma boa tradição, faz-nos pensar no que temos de bom à nossa volta. *
    aondenaoestou.blogspot.pt

  • Reply
    Sofia Garrido
    30/11/2015 at 3:31 PM

    Agora quero muito, muito fazer esta tarte de maçã! Tem óptimo aspecto : )
    Acho que das tradições que não são tipicamente tradicionais só cedi ainda ao Halloween, mas gosto da ideia de celebrar desta forma aquilo pelo qual estamos gratos na nossa vida!

    Beijinhos,

    Sofia | Seventeen Seconds

    • Reply
      Sofia Garrido
      30/11/2015 at 3:55 PM

      queria dizer *que não são tipicamente portuguesas! :p

  • Reply
    Inês Silva
    30/11/2015 at 10:05 PM

    Não celebro mas dou por mim a pensar nas coisas em que sou grata porque é impossível resistir a isso quando estou rodeada de coisas sobre o dia de acção de graças x) Já não bebo vinho quente há taaaaanto tempo!

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge