mejores doctores en América Dapoxetina elección de plan de seguro médico
19 In Off Sight/ photography

Projecto Off Sight: Casas Abandonadas – Casa das Pedras Negras

Assim que chegou ao fim o desafio 6 on 6, reflectimos não só sobre o desafio em si e sobre a nossa evolução fotográfica, mas também sobre o quanto adorámos fazer isto em conjunto. Gostámos tanto do nosso grupinho e de ter uma desculpa mensal para fotografar, que começámos logo a engendrar esquemas para criarmos um novo grupo. Mas a dúvida permanecia: de quê? O que vamos fotografar a seguir? E então a Marta sugeriu: “Porque não fotografamos casas abandonadas?”
E nós, malucas, aceitámos!
Venham então conhecer as nossas primeiras aventuras fotográficas deste novo projecto, o Off Sight.

Não sabemos ainda se o Off Sight terá sempre como tema fotografar casas abandonadas, mas os primeiros serão certamente nesta onda, por isso se são fãs de casas abandonadas, deixem-se ficar por aqui e, no final, visitem os blogs das minhas companheiras de 6 on 6 e, agora, de Off Sight para verem o que elas andaram a fotografar este mês. 🙂
Da minha parte, trago-vos a Casa das Pedras Negras, que fotografei com a Marta (que me deu amavelmente boleia até Ranholas) e que podem ver nestas fotos. Confesso que foi difícil escolhê-las em número razoável, pois tinha imensas.

A casa que escolhemos para fotografarmos foi a Casa das Pedras Negras, em Ranholas, Sintra. Digo que foi a Casa das Pedras Negras, mas nenhuma de nós sabia como se chamava nem sequer que tinha um nome.

A casa tinha sido recomenda por alguém num grupo de locais abandonados no Facebook e, quando lá chegámos – para minha surpresa -, foi fácil de entrar, porque a propriedade estava aberta. Não queria fazer nada muito ilegal. 😛

         

Não sei o que foi, em tempos, esta casa, mas sei que houve uma tentativa de a restaurar, porque os materiais de construção ainda lá estavam. Na parte de baixo, a cave, o tecto é em arco, pelo que imaginei logo que daria um belo restaurante.  Será que já o foi?

A parte engraçada de visitar e fotografar casas abandonadas é que não temos grande informação (ou nenhuma) sobre elas, o que aguça o engenho da nossa criatividade e nos permite criar mil e uma histórias no nosso imaginário. É precisamente isso que mais me atrai nas casas abandonadas e este é o projecto que me vai permitir explorar mais locais deste género.

Qual será o próximo? Nem eu sei. Este projecto é assim, imprevisível e ao sabor do vento.

E agora vamos ver o que as outras meninas andaram a fotografar? Esta parte é igual ao 6 on 6. 😉

You Might Also Like

19 Comments

  • Reply
    Joana Sousa
    31/01/2017 at 9:30 AM

    Aquela segunda foto! Parece sacada de um documentário qualquer esquisito 🙂 gostei muito que tivesses usado as fotos a P&B, deu um ambiente muito misterioso a tudo 🙂 e adoro a última! Realmente, para além do desafio fotográfico, isto é um desafio à nossa imaginação – e é tão espectacular que assim seja! Let’s do thiiiiis!
    Joana Sousa recently posted…Photo | Off Sight | A Casa do Cais do CavacoMy Profile

    • Reply
      joan of july
      31/01/2017 at 4:48 PM

      Ahahah “documentário esquisito” 😛 Tipo The Blair Witch Project? That’s what I was going for! 😀
      Mal olhei para as fotos no computador achei que mereciam um P&B para as tornar ainda mais creepy.
      Obrigada pelo teu comentário, Jiji. :*
      E sim, let’s do this!

  • Reply
    Sónia Rodrigues Pinto
    31/01/2017 at 12:44 PM

    Adorei o novo projecto e as fotografias! Desta vez vou conseguir acompanhar-vos como não consegui com o projecto antigo. E acho a ideia super interessante, porque há sempre imensas histórias para contar numa casa abandonada!
    Beijinhos 🙂

    • Reply
      joan of july
      31/01/2017 at 4:47 PM

      Muito obrigada, Sónia! 🙂 O número de histórias que podemos imaginar são incontáveis!
      Fico muito contente por saber que vais acompanhar este projecto desde o início. Espero que gostes. 😀
      Beijinho*

  • Reply
    Camila
    31/01/2017 at 5:29 PM

    Wowowo que fotografias poderosas, adorei!

    • Reply
      joan of july
      31/01/2017 at 5:37 PM

      Obrigada, obrigada!! ;D**

  • Reply
    Catarina Costa
    31/01/2017 at 6:24 PM

    Cat, adorei as tuas fotos! E adorei especialmente o registo a preto e branco! Acho que dão uma aura mega misteriosa e que vai tão bem com o tema fotografado 😀 aliás, acho que, se continuarem com este tema, podias continuar a fazer esta saga a preto e branco, o que achas? Fica o desafio :p Beijinhos*

    • Reply
      joan of july
      01/02/2017 at 3:20 PM

      Ohh obrigada, Cat! Aceito o desafio, claro! 😀 Aliás, já tinha pensado nisso para dar uma certa consistência às minhas partilhas para este projecto e, por outro lado, pela “aura mega misteriosa” (como dizes e bem) que este tipo de fotografia parece dar aos locais abandonados. 😀
      Beijinho*

  • Reply
    Vânia
    31/01/2017 at 7:42 PM

    Adoro que tenhas optado por fotos a preto e branco. E é tão giro ver duas perspetivas diferentes sobre uma mesma casa! 😀

    • Reply
      joan of july
      01/02/2017 at 3:19 PM

      Obrigada, Vânia! 😀 Também adorei que o resultado final fosse tão diferente embora seja a mesma casa. É por isso que a fotografia é tão interessante. 😉

  • Reply
    Minnie Me
    31/01/2017 at 9:46 PM

    Vi este tema no facebook de outra menina e adorei
    Adoro o tema de casas assombradas 🙂 Vi há uns tempos um vídeo de uma casa de ricos abandonada e era surreal… Como tudo estava impecável e abandonado.
    Beijinho*

    • Reply
      joan of july
      01/02/2017 at 3:18 PM

      Obrigada, Minnie! 😀
      Sim, também vejo casas intactas no grupo que sigo no Facebook de casas abandonadas. Que sítios incríveis. Espero poder visitar um assim em breve!
      Beijinho*

  • Reply
    Inês Silva
    31/01/2017 at 10:20 PM

    Ranholas, belo nome! Eu bem me pareceu que o 6 on 6 havia de ter continuação, que bom, vou estar atenta 🙂
    Btw, gostei de ver as tuas a p&b e as da Marta a cores – essa diferença muda logo a perspectiva das fotos!

    • Reply
      joan of july
      01/02/2017 at 3:13 PM

      Oh sim, Ranholas é lindo, não é? XD
      Obrigada, Inês! 😀 Também gostei imenso de ver a mesma casa pelas nossas duas perspectivas, acho que se complementam! 😀

  • Reply
    Catarina Coelho
    31/01/2017 at 11:13 PM

    Opa, estou a adorar estes posts, especialmente a ver as diferentes perspectivas que duas pessoas têm da mesma coisa 😀 Parece que uma complementa a outra e ficamos com uma visão completa de tudo! Tal como tu, tive imeeeensa dificuldade a escolher as fotos. Tinha 200 e tal! E se realmente as tuas outras eram tão giras como estás, de facto é complicado escolher 😛 adorei a edição a preto e branco, pois transmite a sensação de antigo e de mistério. Gostei especialmente da primeira e da última foto. Mal posso esperar para fotografar o próximo desafio. Que tal um dia vires até cá ao Porto e te juntares a mim e à Jiji? Fazíamos um “Off Sight” a 3 😀

    • Reply
      joan of july
      01/02/2017 at 3:15 PM

      Também estou a adorar, Cat! Já vi as vossas fotos, agora também tenho que ir comentar. 😀
      Também sinto que se complementam, assim como a tua perspectiva e a da Jiji!
      Senti que tinha que as transformar em preto e branco. Assim que pensei nisto, nem hesitei porque fez-me todo o sentido.

      Oh, adorava juntar-me a vocês no próximo, sem dúvida nenhuma! Digam-me depois quando estão a pensar ir. 😉

  • Reply
    Raquel Dias da Silva
    01/02/2017 at 4:14 PM

    Em primeiro lugar quero dizer que estou muito feliz por me ter juntado ao grupo e que mal posso esperar pela minha primeira participação. Não conheço nenhuma casa abandonada por isso tenho de começar a fazer pesquisa. Por outro lado estou mesmo a ver que vão ser super longe de Lisboa – terei de arranjar uma solução! Quanto às tuas fotografias, gostei muito de teres escolhido apresentar tudo a preto e branco. Acho que estão muito bonitas. A minha preferida é capaz de ser a das janelas (sabes de qual estou a falar?)

    • Reply
      joan of july
      01/02/2017 at 4:20 PM

      Obrigada, Raquel!
      Também estou muito feliz por te teres juntado a nós!
      Sim, sei qual é a das janelas, também é uma das minhas favoritas. 😉

      A maioria das casas (que estão realmente abertas) são longe de Lisboa, mas a Marta dá-me boleia, porque não vens connosco da próxima vez? 😀

  • Reply
    Catarina Gralha
    08/02/2017 at 10:54 PM

    Já disse em vários dos posts das outras meninas, mas gostei imenso deste tema! Tenho um interesse muito grande por lugares assim, abandonados. Não sabemos bem o que aconteceu, mas ponho-me sempre a imaginar histórias. Adorei a ideia de teres ido com a Marta, é bem interessante ver como o mesmo lugar pode ser representado de formas tão distintas. O resultado final ficou muito bom. Foste pelo preto e branco, e acho que encaixa na perfeição neste espaço.
    Catarina Gralha recently posted…Viajando no comboio nocturno entre São Petersburgo e MoscovoMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge