So I’m letting myself get photographed professionally soon! (any advice?)

Posted on

Nunca fui daquelas pessoas que olha a câmara de frente, de forma natural e completamente desinteressada pela forma como a foto vai sair, característica essa que atribuo às pessoas que se sentem totalmente à vontade em frente à lente.

Talvez esse meu defeito tenha a ver com o facto de me ter habituado e me ter começado a sentir confortável exclusivamente atrás da lente.

Entretanto o tempo foi passando e, ao ver as milhares de fotografias que tirei nos últimos tempos (viagens incluídas), constatei com alguma frustração que me encontro em muito poucas.

 photo cat-bw_zpso8xalwjk.jpg Apercebi-me disso porque me pediram uma foto para colocar num site – para o qual vou escrever uns artigos – juntamente ao meu perfil de colaboradora. Aí é que verifiquei que não tenho fotos “de jeito”. Bem, para ser sincera adoro estas fotos que a minha amiga Joana me tirou na Escócia, mas a verdade é que são muito sazonais; não ando sempre de gorro e um mega casacão de Inverno no dia a dia. Não tenho fotos “neutras”, é isso.

Na semana passada tiraram-me algumas no escritório, mas estas mostram-me num contexto profissional e “polished”. Gosto muito delas, mas também não servem todas as minhas necessidades.

 photo cat-bw4_zpstj6q26bv.jpg

E então percebi o que queria.

O que eu quero é uma sessão fotográfica com um contexto, um ambiente diferente, um conceito definido, meio artístico. Quero poder ver-me de outra forma, numa outra luz. Quero saber se sou capaz de me deixar ser fotografada.

 photo cat-scotland2_zpsnbbhdzq8.jpg

Como podem ver pela fotos deste post – algumas tiradas por mim, outras pelo namorado, durante a viagem à Escócia -, ando muito numa de fotos nostálgicas, a preto e branco, até um bocadinho tristes. Não que eu me sinta triste, mas gosto dessa “estética”. Talvez tenha sido gravemente influenciada pelo número de horas surreal que já passei a ouvir Lana del Rey entre a semana passada e esta.
Nunca fui mega fã dela, mas este último álbum (Honeymoon) está-me a “bater”, ainda mais que o anterior (Ultraviolence).

 photo cat-scotland_zpsyq5bynl5.jpg

E sim, já decidi que esta decadência do American Dream, combinada com a melancolia de uma época passada (70s?) vão ser as minhas grandes inspirações para a minha sessão fotográfica.

Sim, já decidi.
E sim, já escolhi a fotógrafa. (quem será?)

 photo skye-boat_zpsirrfobv1.jpg

Por enquanto ficamos assim, mas já sabem que vou partilhar algumas convosco, não sabem? 😀

E, já agora, que conselhos têm para mim, para que me sinta mais à vontade do outro lado da câmara?

8 Comments

  1. Isabel says:

    Vai correr maravilhosamente! 😀
    Tu és uma natural, com traços lindos e o teu setting é perfeito!
    Quero saber os details 🙂

    Beijinho,

  2. Helena Pereira says:

    Compreendo-te perfeitamente quando dizes que te habituaste a estar atrás da câmara. Eu até tenho bastantes fotos minhas, sendo que o meu pai é fotógrafo, mas são quase todas despercebidas, porque não gosto nada de posar para fotos que depois parecem, para mim, sempre algo forçado e gosto muito mais de me ver de perfil e olhar para o “além” do que directamente para a câmara. Mas quando tem de ser, tem de ser. Acho que a única dica que posso dar é seres tu mesma e tentares colocar-te como te sentes mais confortável (o teu lado melhor ou até com uma peça de roupa que te faça sentir super bem) em frente à câmara. (:
    Boa sorte!

    Lena’s Petals xx

  3. Marisa Ferreira says:

    O tema já está mais do que bem escolhido (adoro a Lana del Rey e a decadência do american dream e da beat generation), agora simplesmente tira o melhor proveito da experiência. Acredito que te sairás lindamente.

  4. Marta Chan says:

    Minha querida, és super linda e fotogénica só tens de tirar partido disso! Faz de contas que não tas a tirar fotos, que tas a dar um passeio e que a câmara e a tua amiga :))) penso que e uma questão de hábito, as primeiras sessões vais sair menos natural mas as próximas vais tratar a câmara por tu.

  5. Natália says:

    Adorava poder dar dicas, mas eu nada sei, nas minhas tenho sempre cara de enjoo ou sorrisos amarelos… mas concordo com a Marta, és muito fotogénica, nas poucas que te tirei ficaste sempre muito gira e natural. Vai correr bem de certeza.

  6. Catarina says:

    Advice: keep calm and carry on :p

  7. Inês Silva says:

    A Lana dá cabo da gente hehe. Eu senti exatamente isso há uns tempos atrás e sabes o que fiz? moooontes de fotos tipo auto-retratos, mas já ponderei que me tirassem fotos, mas sinto-me tão awkward :c tou pra lá de curiosa pra saber como vão sair e quem sabe aprender com a tua experiência ^^

  8. Daniela says:

    Tenho exacamente o mesmo pensamento. Sinto-me sempre ridicula a pousar para uma máquina. E depois tal como tu, olho para as fotos da minha viagem e se tiver em 3 já é muito. Fico mesmo triste mas no momento nem penso nisso.
    Estou tentar mudar isso 😛

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge