The girl with the Deathly Hallows tattoo

Posted on

Faz hoje uma semana que o Mundo perdeu Alan Rickman, o icónico e inesquecível Severus Snape, professor de Poções e, mais tarde, Professor de Defesa Contas as Artes Negras em Hogwarts, no mundo do Harry Potter. Esta tatuagem podia ser uma homenagem a Alan Rickman, mas não é. Quando a fiz, ainda o actor estava vivo e nenhum de nós o sabia doente. Fiz esta tatuagem num dos últimos dias de 2015, mais propriamente o penúltimo.

Ninguém faz uma tatuagem do Harry Potter com essa idade“, disse-me o meu namorado, enquanto rolava os olhos. Pelo contrário, faz-se é agora, ia fazer quando, aos 15 anos? 😛
Tinha 11 anos quando

Filmes não natalícios que me fazem sentir o Natal

Posted on

De ano para ano, os filmes que passam na televisão na altura do Natal são praticamente os mesmos. Já fazemos piadas a contar com a frequência do “Sozinho em Casa”. Vocês sabem e provavelmente também já as fizeram.
Mas não temos que nos restringir apenas ao que a televisão nos dá para ver. Porque não escolher os nossos filmes de Natal como escolhemos as nossas playlists?

Para quem está farto dos habituais filmes de Natal, deixo a minha pequena lista de filmes que

Leakey’s: a beautiful second-hand bookshop in Inverness

Posted on

Não me lembro do momento exacto em que descobri a Leakey’s Bookshop, mas presumo que tenha sido quando estive à procura de atracções no centro de Inverness.

Primeiro, foi o nome que me chamou a atenção: “Leakey’s”. Qualquer fã de Harry Potter vê aqui uma excelente oportunidade para recordar as lojinhas típicas de Hogsmead, em particular o The Leakey Caldron. E apesar da Leakey’s Bookshop ser uma livraria e o outro uma espécie de um pub, uma coisa tem em comum com o Caldron: o facto do seu ambiente fazer recordar o mundo Potteriano (inventei agora).

Posto isto, quando dei por mim no centro de Inverness, no próprio dia que cheguei de Edimburgo, fui logo procurar a Leakey’s. Recusava-me a

Greyfiars Kirkyard Stories and Harry Potter History in Edinburgh

Posted on

Se leram o meu último post sobre a viagem à Escócia, sabem que era a publicação de um post exclusivamente sobre o Greyfiars Kirkyard era inevitável. E eu bem vos avisei que o próximo relato da Escócia seria um pouco creepy, não avisei?
Mas não se assustem e fiquem por aqui, vão ver que vai valer a pena. 😉

Antes de mais, falo-vos um pouco acerca do Greyfiars Kirkyard, mas sem me alongar muito que isto aqui também não é nenhuma página da Wikipedia, local esse onde podem ler muito mais acerca deste cemitério de Edimburgo.
Só para vos localizar temporalmente, saliento apenas que o terreno onde se situa o Greyfiars foi decretado como terreno de sepulcro pela