Quem ama cuida (dos seus livros)

Posted on

Aviso: este post é uma declaração de amor.
Amor aos livros é amor na mesma, por isso não interessa assim tanto especificar que tipo de amor é.

Sei que há por aí algumas meninas (com as quais já falei algumas vezes sobre isto até) que, como eu, são fãs da saga As Brumas de Avalon, da escritora Marion Zimmer Bradley. Se calhar até há por aí rapazes que leram estes livros, quem sabe? Adorava que se pronunciassem se assim for. 🙂

Mas se calhar, mesmo às pessoas com quem falei

Porque é que assino todos os meus livros?

Posted on

Quando era miúda era fascinada pelos livros das minhas tias e da minha avó paterna, que morreu quando eu era bebé. Na primeira página de cada livro, as mulheres do lado da família do meu pai assinavam o nome e sobrenome de uma forma que eu achava inexplicavelmente elegante.

E então, quando tinha cerca de 11 anos, comecei a fazer o mesmo.

Primeiro,

Melhor que a Biblioteca de Alexandria

Posted on

Já repararam nos preços exageradamente elevados dos livros hoje em dia? Se não forem antigos ou edições de capa mole, o preço- nas Fnacs e afins- de um livro relativamente recente ronda os 16/17 Euros. E depois ainda se queixam da falta de cultura das pessoas e que os jovens de hoje em dia não pegam num único livro para ler. E é verdade. Mas também com preços destes, compreende-se.

Ora, eu gosto de ler desde pequena. Li vários livros em criança e até na adolescência, mas ultimamente