mejores doctores en América Dapoxetina elección de plan de seguro médico
5 In humour/ what I've learned from

What I’ve learned from Game of Thrones

A nova temporada de Game of Thrones estreia já no próximo domingo, dia 6 de Abril e eu não podia estar mais feliz com isso!

The new Game of Thrones season premieres this Sunday, April 6, and I couldn’t be more excited!

Eu leio os livros e acompanho a série, embora esteja bem mais adiantada nos livros, por isso, como devem saber (ou pelo menos imaginar), sou mega-fã de Game of Thrones. Assim sendo, achei que esta seria a altura ideal para escrever este post. 🙂

I read the books and watch the show, although I am more advanced in the books. So, as you may already know (or at least figured out) I am a Game of Thrones fanatic and I thought this would be the right time to write this post. 🙂

Então, o que é que eu aprendi com Game of Thrones?

So, what have I learned from Game of Thrones?

1. YOLO! / YOLO!

“Valar Morghulis” – Jaqen H’ghar

Jaqen-H-ghar-jaqen-hghar-30665700-1280-720

Estou a brincar! A palavra “Yolo” já deu o que tinha a dar e já irrita, mas eu digo muitas vezes que o “Yolo” de Westeros é o “Valar Morghulis”. “Valar Morghulis” significa “Todos os homens têm que morrer” em Alto Valiriano. Podem interpretar isto como quiserem, mas não o entendo como uma ameça, mas sim como uma constante recordação de que, no caso de sermos confrontados com a morte, devemos aceitar que um dia teria que chegar. Isso e também que devemos aproveitar todos os instantes porque um dia teremos efectivamente que deixar este mundo. Ok, prometo que é a única lição dramática desta lista.

I’m kidding! The word “YOLO” is totally played out and is now becoming quite annoying, but I often say that the expression “Valar Morghulis” is Westeros’ “Yolo”. “Valar Morghulis” means “All men must die” in High Valyrian. You can interpret it as you wish, but I do not understand it as a threat, but rather as a constant reminder that, in case we are faced with death, we must come to terms with it.
That and also that we should enjoy every moment because one day we will actually have to leave this world. Ok, I promise this will be the only depressive lesson on this list.

2. O que não nos mata torna-nos mais fortes / What doesn’t kill us makes us stronger

“A bruise is a lesson… and each lesson makes us better.” – Arya Stark

Arya-stark-maisie-williams-helen-sloan

Uma lição cliché, mas clássica. A Arya é uma personagem que sofreu uma evolução brutal e, sem adiantar muitos pormenores, passou por coisas na vida que nenhuma criança de 10 anos deve passar. Se ela não morreu de dor e de tristeza, acho que também vou ficar ok com qualquer daquelas situações que não são nada de especial, mas que dramatizo às vezes) desnecessariamente.

A cliché but classic life lesson. Arya is a character who suffered an enourmous evolution and without giving too much detail, she went through things that no 10 year old should ever have to go through. If pain and sadness didn’t kill her, I think I’ll also be ok with any situation that I make out to be a huge drama but turn out not to be that bad after all.

3. Não deves achar-te superior a ninguém / Don’t think you’re better than everyone else

“By what right does the wolf judge the lion?” – Jaime Lannister

jamie-lannister-1024

Na última temporada (a 3ª), o Jaime Lannister revelou-se uma personagem bem mais complexa e vulnerável do que tínhamos julgado inicialmente. (Ou fui só eu?) Ao longo dos episódios do ano passado, foi deixando umas pérolas de sabedoria pelo caminho e um discurso numa banheira/jacuzzi medieval que lhe deviam ter valido pelo menos um Emmy (ao actor, o Nikolaj Coster-Waldau). E para quem acha sem sombra de dúvidas que os Stark estão “tão acima dos Lannister”, digo: as coisas não são nada a preto e branco no Game of Thrones. Esqueçam os bons e os maus. Não existem. Toda a gente é multi-lateral, se é que me entendem.

Last season (the 3rd season), Jaime Lannister has proved to be a far more complex and vulnerable character than we had initially anticipated. (Or was it just me?) Throughout last year’s episodes, he left some pearls of wisdom along the way and a speech in a tub / medieval jacuzzi that should have won him (the actor Nikolaj Coster-Waldau) at least one Emmy. And to those who think without a doubt that the Starks are “so much better than the Lannisters” I say: things are not black and white on Game of Thrones. Forget the “good” and the “bad”. These are childish concepts. People are more complex than that and have many sides to them, if you know what I mean.

4. Sê prático e descomplicado. / Be practical and uncomplicated

“Stick ’em with the pointy end.”– Jon Snow

Jon-Snow-Game-Of-Thrones

À primeira vez pode parecer uma frase tolinha, mas se a tirarem um bocadinho do contexto e a interpretarem como uma metáfora vão ver que afinal o Jon Snow sabe alguma coisa.

The first time you hear it or read it, this may seem like a silly thing to say, but if you take it a bit out of context and understand it as a metaphor, you will see that Jon Snow does know something after all.

5. Conhece bem as tuas fraquezas antes de desenvolveres os teus pontos-fortes / Know your weaknesses in order to grow your strengths

“The more people you love, the weaker you are – Cersei Lannister

a game of thrones, cersei lannister 162861

Compreendo e aceito que vou acabar este post a parecer uma Lannister-lover, mas a verdade é que- a ser completamente honesta- eu amo a Cersei. A mulher é brutal em tudo o que diz e faz. Eu leio os livros e sei que ela não faz as coisas simplesmente porque é “má” (já vos disse que isso não existe), mas sim porque tem objectivos de vida e ambições. Eu respeito isso acima de tudo. Ela e a Daenerys não são assim tão diferentes quanto isso; a diferença é que a Cersei tem muito mais a perder (os filhos, por exemplo), o que a torna muito mais feroz e protectora e o que é fantástico é que ela reconhe que as pessoas que mais ama são aquelas que a tornam mais fraca, exactamente por isso: porque fazem com que tenha muito mais a perder.

I understand and accept that throughout this post I sound like a Lannister-lover, but the truth is that- if I’m being completely honest-I love Cersei. The woman is awesome in everything she says and does. I read the books and I know she doesn’t do the things she does simply because she is “bad” (as I told you before, there is no good or evil here), but because she has life goals and ambitions. I respect that above all. She and Daenerys are not that different; the difference is that Cersei has much more to lose (her children, for example), and that is also what makes her more fierce and protective. What is truly amazing about this is that she recognizes that the people she loves most are also what makes her weaker.

6. Assume as tuas responsabilidades / Assume your responsabilities

“The man who passes the sentence should swing the sword.”  Eddard Stark

cloak-game_00377013

Parece-me que há toda uma lista de lições que deveríamos aprender com o Lord Stark e outra de lições que NÃO deveríamos aprender aqui com o Ned. Mas esta é uma boa: o homem que passa a sentença é o que deve brandir a espada. E isto é uma forma maravilhosamente medieval (como eu gosto) de dizer que só nós devemos assumir a responsabilidade pelas nossas próprias palavras e actos. Agora fiquei com saudades do Ned. 🙁

It seems to me that there is a whole list of lessons that we should learn from Lord Stark and other lessons we should NOT learn from him. But this is a good one: the man who passes the sentence should swing the sword. And this is a wonderfully medieval form (as I like it) to say that we must take responsibility for our own words and actions. Now I miss Ned. 🙁

7. Dá ouvidos aos teus pais / Listen to your parents

“I shouldn’t make jokes. My mother taught me not to throw stones at cripples. But my father taught me, aim for their head.”  Ramsay Bolton

ramsay

A não ser que sejam o Ramsay Bolton. Nesse caso, ignorem esta lição. (não consegui encontrar uma foto do Iwan Rheon como Ramsay Bolton com qualidade, mas fica esta em que ele está igualmente com cara de psicopata).

Unless you’re Ramsay Bolton. In that case, nevermind. (I couldn’t find a photo of Iwan Rheon as Ramsay Bolton with enough quality so I chose this one in which he also looks like a psycho).

8. Quem é realmente bom, não precisa de se gabar / Those who are excepcional at something, do not need to brag

“Any man who must say, I am the king, is no true king.”  Tyrion Lannister

Tyrion-Lannister

Acho que também não teria sido uma má aposta escrever um artigo chamado “O que aprendi com Tyrion Lannister”, visto que ele tem tantas saídas geniais, mas talvez numa próxima vez. 😉

I think it would have also been a great idea to write a post on “What I’ve learned from Tyrion Lannister” since he has some of the best quotes in the entire show. Maybe next time. 😉

9. Nem toda a gente tem o que merece. / Not everyone gets what they deserve.

“The gods love to reward a fool.”  Brynden Tully

got-game-of-thrones-33330344-1280-720

Se toda a gente tivesse o que merece, o Leo tinha ganho um Óscar, não?

If everybody got what they deserve, then Leo would have won the Oscar, right?

10. Sai da tua zona de conforto / Step away from your comfort zone

“People learn to love their chains.” – Daenerys Targaryen

749726_GOT_KB_10.28.12_EP304_6890-1359137405258-A

Isto é tão verdade! Muita gente vive vidas sem significado, sem desafios, sem nunca experimentar coisas novas e sem testar os seus limites, seja de que forma for. O pior é que facilmente se acostumam e acham-se perfeitamente felizes assim. Isso assusta-me e luto todos os dias de forma consciente contra isso. Sim, eu sei que a Danny estava literalmente a falar de escravos, mas como já devem ter reparado, estou a adaptar a realidade de Westeros à nossa.

This is so true! Many people live meaningless lives without challenges, without ever trying new things and testing their limits in any way whatsoever. What’s worse is that they easily get comfortable in this kind of life and think they are perfectly happy. It scares me and I consciously against this every day. Yes, I know that Danny was literally talking about slaves, but as you may have noticed, I am adapting the reality of Westeros ours.

11. Vive cada dia como se fosse o último / Live every day like it’s your last

“If we die we’ll die, but first we’ll live.” – Ygritte

Game-of-Thrones-Season-3-Episode-3-Video-Preview-Walk-of-Punishment-04-2013-04-07

Já sabemos que a morte é inevitável, portanto, porquê perdermos o tempo que nos resta a preocuparmos-nos com coisas insignificantes? Temos que aproveitar a vida ao máximo, senão quando dermos por nós, já a vida nos passou ao lado. Pronto, Ygritte, lá porque sabes muito não quer dizer que o Jon Snow não saiba nada.

We know that death is inevitable, so why lose the time we have left worrying about petty things? We have to enjoy life to the fullest, or else one day we’ll wake up to find out that life has passed us by. Okay, Ygritte, just because you know a lot of things doesn’t mean that Jon Snow knows nothing.

12. Os bonzinhos acabam em último / Nice guys finish last

“You wear your honor like a suit of armor…You think it keeps you safe, but all it does is weigh you down and make it hard for you to move. – Petyr Baelish”

fcb6628a5de6b1c384aa23cb75fe2bcc

Ora aqui está algo que o Ned Stark devia ter aprendido com o Littlefinger, mas nós ainda vamos a tempo. Pois é, parece que- às vezes- fazer a coisa certa pode não nos ajudar a chegar onde queremos e aí reside um dos maiores dilemas de sempre. (P.S.- O Littlefinger devia ter mais reconhecimento por ser tão terrivelmente inteligente e awesome).

Now here’s something that Ned Stark should have learned with Littlefinger, but we can still learn. Well, it seems thatsometimesdoing the right thing may not help us get to where we want and here lies one of the greatest dilemmas ever. (P.S.- Littlefinger isn’t given enough credit for how devilishly smart and awesome he is).

13. Não tenham medo de destoar das massas / Don’t be afraid to stand out from the crowd

“Hodor.” – Hodor

just-hodor_o_1013823

O Hodor é o melhor.

Hodor is the best.

Espero que tenham gostado desta listinha. Eu sei que há muita coisa que poderia ter dito também, mas ninguém disse que não poderá haver uma parte II. 😉

I hope you enjoyed this post. I know there are a million other things I could have included here, but no one said there won’t be a part II. 😉

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Rita P.
    04/04/2014 at 10:17 AM

    Sempre tive curiosidade de ver a série mas ainda não tive tempo para começar! Talvez este verão lhe de uma oportunidade 🙂

    • Reply
      joan of july
      04/04/2014 at 11:14 AM

      Oh, dá uma oportunidade sim, Rita! Posso ser suspeita, mas não consigo mesmo ver como é que alguém pode não gostar de Game of Thrones. 😀 eheheh

  • Reply
    Ana Rita
    05/04/2014 at 2:52 PM

    Adorei esta lista e adoro a série quanto aos livros já comprei o primeiro mas ainda não comecei a ler!! Tens mesmo que fazer uma lista do tyron! EU ADORO O!!!!

  • Reply
    joan of july
    08/04/2014 at 1:31 PM

    Eu acho que vale mesmo a pena ler, mesmo já tendo começado a ver a série!
    Eu comecei a ler o primeiro livro ao mesmo tempo que comecei a ver a primeira temporada e mesmo assim valeu a pena. Acabei de ver a série antes de terminar o livro, mas depois li mais e mais e já ultrapassei em muito a série. 😀

    Vou pensar seriamente na lista do Tyrion!

  • Reply
    O regresso da rubrica "O que aprendi com"
    14/06/2015 at 1:50 PM

    […] 6. O que aprendi com o ‘Game of Thrones’ […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge