mejores doctores en América Dapoxetina elección de plan de seguro médico
4 In food reviews/ Lisboa/ out and about

O Bastardo: restaurante ou galeria de arte?

Não sei quanto a vocês, mas eu quando vou almoçar ou jantar fora, vou não só pela comodidade de não ter que fazer a comida em casa, mas também (e principalmente) para conhecer novos pratos e novos restaurantes. Em “conhecer novos restaurantes” refiro-me também à beleza dos espaços, que é algo que – para mim – ajuda a tornar uma experiência de restauração inesquecível.
Pelo título deste post (e pela cara da Ana na foto de destaque), já deu para perceber que O Bastardo cumpriu esta função na perfeição, certo? 😀

bastardo4

Já me tinham falado N vezes deste restaurante, mas foi por sugestão por parte da Ana que eu e a Catarina lá fomos almoçar com ela num sábado do início de Abril. Eu e a Ana perdemos a despedida de solteira da Cat no fim de semana anterior a esse, por isso quisemos compensa-la com um fim de semana dedicado a fazer coisas giras e a visitar lugares bonitos em Lisboa, daí os nossos planos nos terem levado ao Bastardo.

legos

A verdade é que tentámos lá aparecer na sexta-feira (no dia anterior, portanto), mas sem reserva nada feito, por isso se ainda não foram lá e estão com vontade de ir, não se esqueçam de reservar! Aliás, é como em quase todos os restaurantes de Lisboa hoje em dia; à sexta estão sempre cheios. Devíamos ter-nos lembrado disso. 😛

obastardo2

Chegadas lá no sábado já com a nossa reserva feita, pude finalmente admirar a beleza do restaurante com a luz diurna e – escusado dizer – fiquei imediatamente rendida à decoração. Não preciso de elaborar muito aqui porque podem ver o que há para ver nas fotos, mas ao vivo é qualquer coisa de fantástico. Para além disso, a luminosidade, o branco das paredes e janelas e as madeiras das mesas e do chão dão-lhe um ar muito característico que casa o tradicional com o moderno de uma forma irrepreensível.

obastardo3

Aliás, esta definição pode ser dada igualmente à comida. Tradicional e moderna também, porque  pratos tradicionais da cozinha portuguesa com um twist moderno e elegante. Já ia pedir desculpas por não ter tirado algumas fotos à comida (até porque nem é muito o meu estilo, não adoro fotografar comida, talvez à excepção da pastelaria), mas afinal até encontrei algumas no telemóvel:

comida-o-bastardo

Digam lá se tudo não tem mega bom aspecto! 😀
Da esquerda para a direita: o prato principal (o bife está perdido algures no meio), o couvert mais original de sempre e uma salada com bacalhau deliciosa, oferta do Chef! 🙂

restaurante-o-bastardo

E o espaço por dentro? Lindíssimo! Demorámos tanto a almoçar e a tirar fotos que ficámos com O Bastardo quase só para nós!

restaurante-o-bastardo3

O restaurante O Bastardo situa-se dentro do Internacional Design Hotel, Rua da Betesga, 3, perto do Rossio

E vocês, já conheciam O Bastardo? Gostaram da vossa experiência? Já sabem, se estão a pensar ir em breve, façam a reserva! E até podem fazer online no site d’O Bastardo.

E agora, que outros restaurantes devo ir conhecer em Lisboa? O que me recomendam sabendo que dou tanta importância à comida como à beleza dos espaços? 🙂

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply
    Joana Sousa
    12/05/2016 at 11:20 AM

    Que espaço lindo! A luz e os posters são de babar – I’ve got a thing com a decoração de restaurantes, talvez mais do que com a comida até ahah :p

    Jiji

  • Reply
    Maria
    13/05/2016 at 3:22 PM

    Eu também já tinha ouvido falar deste restaurante, mas ainda não fui lá. O espaço (diga-se a decoração) é mesmo fantástica. Gosto desta nova “vaga” de decoração de espaços comerciais; provavelmente esta decoração simples e “clean” é quanto basta. E os pratos também não lhe ficam nada atrás, porque têm um aspecto absolutamento delicioso 🙂

  • Reply
    Ana S.
    17/05/2016 at 10:26 PM

    Que bom aspecto! E o espaço, um máximo! Honestamente nunca tinha ouvido falar, mas fiquei curiosa. O quadro «Luke soy tu padre» já justifica a visita, adorei! E o couvert em lego, genial.

    Aonde (não) estou

  • Reply
    Visita ao Lisb'On Hostel, o palco do Bloggers Camp 2016
    18/10/2016 at 9:44 PM

    […] mês passado, aproveitámos a visita da Ana a Lisboa para irmos pessoalmente ver se este sítio era real  ver como eram as instalações, onde […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge