The beauty of foggy winter mornings

Posted on

Nem imaginam como fiquei feliz ontem quando, ao acordar, vi na aplicação da meteorologia “Nevoeiro”. Sei que pode parecer estranho, especialmente vindo de uma pessoa que ama o Verão, mas tenho um fascínio enorme pelo nevoeiro.

Na minha cidade-natal, o Porto, é algo até bastante frequente, pelo menos na minha zona, que não é longe do mar.

No dia anterior, quando passei de autocarro pelo Parque da Quinta das Conchas, aqui ao lado de casa, vi a névoa que se espalhava entre as árvores e cobria o parque com uma atmosfera algo mística e invernosa. Ou seja, um dos meus cenários favoritos! Nesse dia já não fui a tempo de passar pelo parque, mas ontem acordei com esse objectivo em mente e a esperança  – que se verificou – de conseguir encontrar o parque ainda com nevoeiro.

The Fog

 photo foginthepark2_zpsbb9174df.png

 photo foginthepark_zpsa0b8de95.png

 photo quietinthepark_zps630ea513.png

 photo beautifulpark_zps584b2de3.png

Se tivesse ido ao parque na manhã do dia anterior, tinha-o apanhado completamente coberto por nevoeiro, mas como fui ontem consegui algo ainda melhor: ver partes que estavam, efectivamente, cheias de nevoeiro, e outras banhadas pelo magnífico sol de Inverno.

 photo park9_zps71c64c9b.png

 photo conchaspark_zpsd1deca44.png

The Sun

 photo parque8_zps1962fcb6.png

 photo pomba_zps60040741.png

 photo lotsoftrees_zps25705c46.png

Achei esta diversidade tão bonita, que senti que tinha mesmo que a registar. 🙂

 photo lakepalmtrees_zps686755db.png

 photo lakepalmtree2_zps76191a52.png

 photo duck_zps2b3dcc96.png

 photo strangetree_zps9cf2ef45.png

 photo treetrunk_zpsc4d47fce.png

 

E, com isto, posso dizer que estou a começar 2015 a fazer jus às minhas resoluções (sim, eu sei que ainda é cedo para deitar foguetes). Tenho-me levantado 45 minutos mais cedo durante toda esta semana e acreditem que fazem toda a diferença.
O passeio matinal de ontem pelo Parque da Quinta das Conchas criou um impacto muito positivo no resto do meu dia. Apesar de ter acordado mais cedo e feito uma caminhada, senti-me mais enérgica e desperta durante o resto do dia todo. É incrível como as pessoas funcionam. 🙂

Para além disso, adoro este parque e é sempre o meu refúgio na cidade, até porque tenho a sorte de o ter literalmente ao pé de casa.

Alguém por aí conhece este parque? Quais são os vossos refúgios mais ou menos naturais na vossa cidade?

(ah, e afinal, o Inverno também consegue ser muito bonito)

5 Comments

  1. Analog Girl says:

    Eu estudei por perto desse parque no secundário, mas acho que agora está mais bonito do que me lembrava. Um dia terei de ir aí fazer uma visitinha… 🙂

    1. joan of july says:

      Tens mesmo, Joana! Não sei como era na altura, mas é lindo desde que o conheço. Tenho muito sorte em viver mesmo aqui ao lado. 🙂

  2. Somebodyelsa says:

    também comecei o ano a acordar mais cedo para ir para aí correr. Acho que estive aí na manhã anterior, o nevoeiro estava super serrado, muito bonito principalmente no lago 🙂

    1. joan of july says:

      Fazes tu muito bem! 😀
      Sim, aposto que foi mesmo na manhã anterior então, já que o nevoeiro estava muito mais denso. 🙂

  3. 10 conselhos para ultrapassares um dia (muito) mau says:

    […] passeio pelo meio da natureza. O meu refúgio aqui em Lisboa ora é o Parque de Monteiro-Mor ou a Quinta das Conchas. No Porto, o Palácio de Cristal, o Parque de São Roque ou o Parque da […]

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge