Recantos do meu Porto: Parque de São Roque

Posted on

Não sei como e que é possível, mas só ouvi falar do Parque de São Roque recentemente. A minha rota de parques e jardins do Porto sempre incluiu locais como o Parque da Cidade, Serralves, Palácio de Cristal, entre outros, mas nunca o Parque de São Roque. Fui só eu a descobri-lo só agora?

Esta maravilha da cidade do Porto fica perto das Antas e era antes a Quinta da Lameira, adquirida à família Calem (sim, a das caves do Vinho do Porto) pela Câmara Municipal do Porto em 1979. Isto explica a existência de uma casa brutal, amarela, que encontrei no terreno. É uma casa impressionante, grande, cheia de pormenores interessantes nos azulejos e divisões invulgares (a casa tinha a sua própria capela).

 photo jardim-sao-roque-3_zps0lu2jvxb.jpg

 photo jardim-s.roque_zpsh7fs8kna.jpg

Foi num domingo como este, cinzento, que fui explorar o Parque de São Roque com a minha mãe, faz já algumas semanas.

 photo green-leaves_zpsdizogw4z.jpg

 photo green-leaves2_zpsdp0wwwef.jpg

O Parque em si é parecido com o dos jardins românticos, tal como o do jardim do Palácio de Cristal, construído em patamares.

 photo labirinto_zpsztgsoqtp.jpg

 photo labirinto2_zpshpfrywdz.jpg

Temos, neste pulmão da zona oriental do Porto (como li algures), vários locais interessantes e belíssimos, como esta gruta que, não sei bem porquê, me lembrou a imagética do Senhor dos Anéis e d’O Hobbit, e um labirinto magnífico.

 photo gruta-sao-roque-porto_zpsuf21jlnx.jpg

 photo pormenor-sao-roque_zpsrttutz6n.jpg

 photo pretty-garden_zpsraebt17g.jpg

Coisas da minha cabeça: visualizar automaticamente o Frodo escondido na gruta agarrado ao anel, enquanto os Nazgûl saltam por cima da gruta.

 photo garden-detail_zps4zfwkqzv.jpg

Abaixo podem ver alguns pormenores da casa bonito de que falei no início do post. Não acham tão fofo o detalhe dos corações nas portadas de madeira das janelas? 😀

 photo window-hearts_zpsb6wfab1z.jpg

 photo azulejo_zpspxradh6d.jpg

 photo broken-glass-blog_zpsn25z3pkw.jpg

 photo edificio-psp_zpsm6pro8t3.jpg
Edifício da PSP

 photo tile-details_zpsas6hs96a.jpg

Mais uma semelhança com o jardim do Palácio de Cristal, onde também temos uma capela.

 photo capela-jardim-s.roque_zpsojoppx0w.jpg

E é por isso que adoro fazer umas mini-férias no Porto. Porque às vezes os fins de semana não chegam para descobrir todos os recantos que ainda não conheço à minha própria cidade. E nas últimas mini-férias (em que também fui fotografar a Catarina) consegui cumprir este objectivo tão bem. 🙂

Já conheciam este parque? Que outros recantos gostariam ainda de conhecer no Porto? Ou, que outros locais me sugeririam ir conhecer da próxima vez? 🙂

14 Comments

  1. Joana Sousa says:

    Que lindo! Não fazia ideia que este parque existia – tenho mesmo que ir lá!

    O ano passado descobri dois parques mesmo bonitos e não sei o nome de nenhum deles :p um fica perto do Freixo, a subir para Valbom (a minha terrinha), é um jardim botânico, e o outro é a Quinta de Bonjóia, pequenino mas muito bonito 🙂

    Jiji

    1. joan of july says:

      Ahhh afinal não sou a única! 😛
      Obrigada pelas sugestões, Joana! Vou adicionar à minha listinha! 🙂

  2. Marta Chan says:

    Nunca ouvi falar de tal parque mas tenho a desculpa que sou do sul 😛 já ta na lista, adoro visitar parques nas cidades.

    E, simmmm, tens de me dar dicas de parques em Lisboa porque o Bruno entrou pra faculdade e vamos viver pra capital #medooo :))))

    1. joan of july says:

      Omg que fixe!! Dou-te todas as dicas que quiseres e até te faço umas visitas guiadas se quiseres. 😀
      Livra-te de não combinar um cafezinho comigo! 😛
      E olhaaaa, boa desculpa para marcarmos a nossa sessão fotográfica quando já tiveres um lugar de eleição aqui na capital!

  3. Inês Silva says:

    ai tou-me a sentir um bocado mal por nunca ter ido lá 😐 tenho que tratar disso!

    1. joan of july says:

      Não sintas, que eu também só conheci este parque no mês passado. Pelos vistos ainda há muita gente a não conhecer, por isso deduzo que tenha estado fechado ao público durante muito tempo (será?). 😛

  4. Sofia Oliveira says:

    Honestamente e muito diretamente… ADOREI o teu blog!
    Muito organizado e excelente conteúdo!
    Fiquei fã 🙂

    Beijinhos

    1. joan of july says:

      Ohhh Sofia, muito muito obrigada! Fico mesmo feliz ao ler estas tuas palavras. Beijnho grande* 😀

  5. Rui Barreto Costa says:

    Caro amigo
    Estive agora a visitar este seu recanto e devo esclarecê-lo numa coisa. A capela que está junto da entrada pela Travessa das Antas não era pertença da casa. Esteve no Porto, no Largo Actor Dias, perto das muralhas fernandinas e durante umas emolições ali efectuadas (provavelmente para construção do viaduto de Duque de Loulé) foi desmontada e as pedras levadas para o Parque de S. Roque. Mais tarde foi refeita e colocada naquele lugar. Não sei de onde sairam aquelas arcadas que estão junto dela.

  6. Carlos says:

    Queria fazer uma secao fotografica este sabado sera que este este parque esta em bom estado .

    1. joan of july says:

      Sim, Carlos, na altura em que lá fui achei-o em bom estado! 🙂

  7. Joana says:

    Que lindo, estou a escrever sobre este jardim para o trabalho e dei de caras com este post! Parabéns Catarina 🙂

    1. joan of july says:

      Muito obrigada, Joana! Estive a ver o teu blog e adorei! Já estou a seguir! E à conta do teu Twitter descobri o The Muse, fantástico, muito obrigada. 😀 *

  8. 10 conselhos para ultrapassares um dia (muito) mau – Joan of July says:

    […] Lisboa ora é o Parque de Monteiro-Mor ou a Quinta das Conchas. No Porto, o Palácio de Cristal, o Parque de São Roque ou o Parque da […]

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge