Sólstafir & Viking Metal

Posted on

Na semana passada fui ao RCA Club, em Alvalade, ver uma banda islandesa que me conquistou completamente neste final de ano.

Sabendo que não é provável vir a ter uma oportunidade de os ver ao vivo num cenário tão intimista, não podia deixar passar esta.

Sólstafir, que em Islandês significa algo como “raios crepusculares”, é uma banda de metal cujo estilo só posso descrever como “os Sigur Rós a tocar metal”, conforme li por aí.

IMG_5010 IMG_5024 IMG_5038 IMG_5039

Não sei porquê, mas o metal Americano (por exemplo) nunca me disse nada. Para mim o metal é o verdadeiro som do Norte, principalmente o das bandas com antepassados ou referências Vikings ou a deuses nórdicos. De facto, o sub-género Viking Metal é frequentemente descrito como sendo o género do Sólstafir.

E o que é Viking Metal, perguntam vocês? Sim, é metal na mesma, e não deixa de ser pesado, mas é um tipo de metal  mais lento e melódico do que, por exemplo, o Black Metal. Para além disso, os temas deste género focam-se precisamente naquilo que me atrai nele: as temáticas Vikings e da Cultura e História nórdicas.

Com tudo isto, o som dos Sólstafir é, de forma muito sucinta, algo interessantíssimo e pouco convencional. Deixo aqui um exemplo depois desta mini-descarga de cultura:

Devo dizer que gostei imenso desta minha primeira experiência no RCA. A qualidade do som é indiscutível e o espaço, apesar de pequeno, é ideal como palco para bandas pouco conhecidas em Portugal, visto também não se juntar um número absurdo de pessoas. É tão bom quando consigo ver o palco!

E vocês, já assistiram a algum concerto no RCA? Há por aí viking-metal-lovers por aí? 😛

5 Comments

  1. Inês Silva says:

    Ah <3 Este sub-género é qualquer coisa, é um dos meus preferidos, é tão mas tão bonito, quem me dera ter ido 😐 (saudades de andar em concertos destes!) Concordo contigo quando falas nas diferenças entre o metal dos Eua e do Norte. Metal + história + vikings = sim por favor!

    1. joan of july says:

      Ahhh nós e os nossos gostos musicais parecidos, Inês… 😉

  2. Carolina Santiago says:

    Catarina, só tive oportunidade de responder agora (lamento!!) mas queria agradecer imenso o teu comentário à minha publicação sobre a festa da instax, que envolveu tanta polémica! Há coisas que nos ultrapassam e pessoas como as que estão envolvidas nesta confusão fazem-me muita comichão no cérebro, mas passa ahahah :p
    Beijinho enooooooorme, e tens uma nova seguidora!

    1. joan of july says:

      Não faz mal, querida! Normalmente nem sou de me meter em coisas que não me dizem respeito, mas nesse caso não resisti. 🙂
      Muito obrigada! Eu também já sou tua seguidora!

      Beijinho grande*

  3. Reverence Valada 2015 says:

    […] Pode-se dizer que são a minha descoberta de 2015, tal como os Solstafir (sobre os quais escrevi aqui) o foram em […]

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge