Sem categoria

Quando o passado me chama

Há lugares que, por alguma razão, conseguem trazer-nos de volta a eles por mais tempo que já tenha passado desde que os abandonámos.
Bem, mais ou menos. O verdadeiro responsável por esse “arrastamento de volta às origens” é o nosso subconsciente. É a única explicação que encontro para estar a esta hora (16:59) na FLUL (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa), apesar de não ser aluna desta instituição desde 2008.
As memórias que tenho deste lugar são tantas, mas tantas (e tão boas) que, tendo saído do trabalho quase duas horas antes da aula de ginástica localizada que tenho no Estádio Universitário, preferi vir para a FLUL fazer tempo do que ir a casa (mas também se tivesse ido, ia chegar bem mais cansada ao gym).
Não sei se estou muito confortável por me encontrar num sítio a que, na FLUL, se chama Geek Squad, mas okay. Antes Freak que Geek. 😉

Não sabem as saudades que tenho de ser uma estudante despreocupada e de estar nestes corredores à espera da próxima aula de Cultura Clássica, mas, a verdade é que me sabe muuuito bem (melhor?) ter dinheiro no bolso.

Ass: Catarina Sousa, ex-universitária.

P.S.- Parabéns, UL! (hoje é o 100º Aniversário da Universidade de Lisboa, para quem não sabe).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *