Páginas Salteadas: um pequeno-almoço grab & go para trabalhadores atarefados

Posted on

O livro no qual baseei a receita deste mês do Páginas Salteadas é… o meu. E a ideia nem foi minha! As minhas companheiras maravilhosas de projecto tiveram a ideia de escolher o “Licenciei-me… e agora?” para ser o livro de Fevereiro e eu não pude deixar de me sentir grata, honrada e muito entusiasmada para pensar e executar uma receita para este livro.

O meu raciocínio para esta receita de mini-quiches para pequeno-almoço foi o seguinte:

Como o livro é direccionado a quem vai agora entrar no mercado de trabalho, especialmente se acabou de sair da faculdade. Como tal – e lembrei-me dos meus primeiros dias como trabalhadora – as novas rotinas não são fáceis de integrar nas nossas vidas, principalmente quando passámos pelo menos três anos sem grandes preocupações com horários.

Aconteceu-me bastantes vezes atrasar o despertador porque o trabalho começava demasiado cedo para aquilo que estava habituada e pensar: “depois compro qualquer coisa na rua”.

Comprar qualquer coisa na rua a caminho do trabalho, equivale e não fazer grandes escolhas a nível de alimentação. Tudo o que é rápido para comprar e comer pelo caminho são folhados, doces ou salgados. Todos sabemos que cá em Portugal adoramos os nossos folhados; de salsicha, mistos, com ovos, com chocolate, etc.

Então lembrei-me de uma alternativa caseira e bem menos prejudicial à saúde, ainda que não seja perfeita.

Sim, dão mais trabalho do que comprar folhados na rua, mas as mini-quiches caseiras são dão trabalho uma vez (de cada vez!). É fazer umas quantas no domingo à noite (como eu fiz), pegar numa e levá-la de manhã. Não é coisa para se comer tooodoos os dias, mas sempre é melhor do que a opção do folhado. 🙂

Vamos aos ingredientes?

Massa:

  • 250 gr. farinha
  • 50 gr. azeite
  • 45 gr. de água
  • 1 pitada de sal

Recheio:

2 ovos
200 ml. natas
bacon e espargos verdes salteados

 

Só descobri recentemente que gosto de espargos, mas como foi uma descoberta feliz, decidi experimentar esta receita com eles. As minha quiches ficaram absolutamente deliciosas e o melhor é que podem substituir o bancon e os espargos por quaisquer outras alternativas que prefiram. Até podem pôr só legumes e facilmente fazer mini-quiches vegetarianas. 🙂

Não têm tão bom aspecto por dentro?

E assim temos uma alternativa de pequeno-almoço “on-the-go” feito em casa e bem mais saudável do que (quase) qualquer coisa que compramos já feita em pastelarias e confeitarias, excepto pão com queijo, por exemplo.

Espero que tenham gostado desta receitinha e que reconheçam o meu esforço para me distanciar novamente das receitas doces. Ehehehe. Sim, foi um esforço consciente.

O livro

Se quiserem saber mais sobre este livro (o meu primeiro “bebé” publicado) espreitem este post onde vão encontrar um apanhado de reviews, comentários e fotos de vários leitores que já o leram.

E – já sabem – não deixem de espreitar os posts das outras três meninas do Páginas Salteadas, que sairão nas próximas três segundas-feiras:

Joana Clara, Às Cavalitas do Vento
Vânia Duarte, Lolly Taste
Andreia Moita, Andreia Moita Blog

2 Comments

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge