music

Band Obsession: Mother Love Bone

Acho que me posso prometer em casamento a quem me encontrar e oferecer uma t-shirt de Mother Love Bone. Já procurei por todo o Ebay e nada. Preciso de uma destas para vestir nos festivais deste ano.

Acho que nunca falei deles aqui, mas para quem não conhece, eram uma banda norte-americana do início do período do grunge (mesmo dos primórdios) e que eu descobri no documentário “Twenty” dos Pearl Jam, que tive o prazer de ver no cinema em Setembro no único dia que passou nas salas portuguesas.

Dos seus integrantes constam Jeff Ament e Stone Gossard, que mais tarde integraram- e ainda integram- os Pearl Jam.
O vocalista foi o fantástico e carismático Andrew ‘Andy’ Wood que, à semelhança de outras lendas do grunge como Kurt Cobain (Nirvana) e Layne Staley (Alice in Chains), teve um fim prematuro e ligado às drogas.

Andy Wood é, na minha opinião, super underrated. Não se comemora o nascimento ou a morte dele, mas a arte na forma do único albúm que os Mother Love Bone lançaram, chega perfeitamente para conhecer um frontman que podia facilmente ter estado no topo juntamente com os outros “grandes”.

Vale muito a pena e foi decididamente das minhas melhores descobertas de 2011.

3 Comments

  • Harmony

    Conhecia, porque sou mega fã dos Pearl Jam. E sim, foi pena a morte dele, tinham qualidade, mas se vivesse não teríamos os Pearl Jam muito provavelmente…o que seria uma pena! 😉

    Gostei do blog!*

  • Catarina

    Oh, afinal há mais gente a conhecer e a gostar de MLB! 😀 E sim, é verdade, se não tivesse acontecido o que aconteceu não existiram os Pearl Jam, mas gostava de viver numa realidade onde ambas as bandas existissem. 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *