personal

Christmas postcards

A antecipação do Natal parece durar os vinte e três dias até à véspera para, depois disso, desaparecer tão rápido como uma miragem. Será só de mim ou o Natal passa mesmo muito rápido? Talvez por isso mesmo passe os dias até à passagem de ano a agarrar-me às réstias do meu espírito natalício e às evidências de que houve realmente um Natal, por mais efémero que tenha sido.

Como vos contei aqui, o meu Natal este ano foi bastante diferente; teve mais família, o namorado (pela primeira vez), mais tempo na nossa quinta, mais descanso, mais passeios pelo campo.

Fizemos doces para levar, usámos camisolas quentinhas, vimos filmes, aproveitámos as lareiras, abrimos e oferecemos presentes, comemos coisinhas deliciosas. O que há aqui para não ter sido um Natal fantástico? Não me posso mesmo queixar, pois apesar de passar rápido, o Natal deixa memórias para anos e anos vindouros. E este foi mesmo muito bom. 🙂

    

Espero que o vosso Natal tenha sido tão feliz e memorável como o meu e espero que o vosso espírito natalício ainda permaneça convosco mais alguns dias. Sabe tão bem, especialmente quando se tira uns dias de férias a seguir ao Natal. Assim é fácil mantê-lo por perto. 😉

3 Comments

  • Daniela Oliveira

    O primeiro parágrafo é tão aquilo que penso! Sou uma entusiasta doida do Natal – bolachas, camisolas pirosas, lareiras, sozinho em casa, família, prendas feitas à mão, tem tudo de ser cumprido! – e ando a pensar nisso desde Outubro…até que chega o dia e passa a voar!
    Mas enfim, havia um filme da Disney em que o Luisinho, o Huguinho e o Zezinho repetiam o Natal por vários dias, até que perceberam que a verdadeira magia estava no facto de ser um único dia, especial por termos de esperar tanto por ele ?

    Que belas fotos, e que lugar tão agradável!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *