6 on 6,  photography

Projecto 6 on 6 – Julho 2016

A Noite, esse momento de transição que pinta o mundo de tons escuros e que lhe confere um ar de mistério, tem sido a musa de muitos artistas ao longo do tempo e é fácil perceber porquê. Aquilo que tão bem conhecemos à luz do dia, rapidamente assume aspectos e características que lhes desconhecíamos quando a noite se põe.
O 6 on 6 deste mês serviu precisamente para documentar a noite e para nos ensinar a ultrapassar as dificuldades técnicas de fotografar durante um dos momentos mais exigentes do dia em termos fotográficos, visto que o principal elemento da fotografia escasseia: a luz.

Vou então deixar-vos (e explicar-vos) as 6 fotos que escolhi para este desafio 6 on 6.

Junho revelou-se um mês incrivelmente especial, não só porque foi quando teve lugar o Bloggers Camp nem por ter sido o meu aniversário, mas porque também consegui tirar uns dias para passar com a minha família no Porto e ir ao São João, festa essa à qual já não ia desde 2013. Este ano teve um sabor ainda mais especial, mas depois conto-vos mais sobre isso noutro post.

Voltando ao 6 on 6, este ano fui ao São João de câmara na mão (ai que bonito que até rimou) a contar conseguir tirar algumas fotos para este desafio. Nessa noite e nas outras em que fotografei para o 6 on 6, decidi ir por uma rota mais de street photography, enquanto no mês passado incidi mais sobre o retrato.

anoitecer

O anoitecer, ou o cair da noite. É aqui que tudo começa. Quando o sol se esconde e a escuridão começa a instalar-se, o céu de verão pinta-se de tons de azul e rosa.

night-football

Noitada de futebol na praça do Martim Moniz.

casa-oriental1

A Casa Oriental, no Porto, uma das mais antigas e icónicas da cidade, mesmo em frente à Torre dos Clérigos.

feira-popular

Uma diversão típica das feiras populares desta altura do ano.

farturas1

farturas2

As roulotes das farturas revelaram-se também um óptimo subject para fotografar à noite. Não só as suas cores fortes e luzes brilhantes contrastam com o céu negro, como também permite capturar silhuetas dos transeuntes e ainda tornar-se num belo p&b (preto e branco).
Optei por manter tanto a versão a cores como a versão a preto e branco simplesmente por gostar das duas.

sao-joao

A belíssima noite de São João com o céu nocturno iluminado pela chama de centenas de balões. 🙂

photoshoot-raquel

Este desafio foi muito importante para mim, não só para me ajudar – lá está – a ultrapassar as dificuldades técnicas típicas de quem fotografa (ou tenta fotografar) à noite, mas também para me ajudar a perceber que adoro fotografar à noite! Gosto especialmente da atmosfera cinematográfica que tudo parece adquirir após uma certa hora. Ah, e adoro retratos nocturnos. Aliás, já tive a oportunidade de fazer alguns com a Raquel (aqui) e foi precisamente aí que fiquei com o bichinho da fotografia nocturna.

Agora, quero ver se consigo marcar uma nova sessão fotográfica de retrato à noite uma vez que estou convencida de que tenho mais skills agora depois deste desafio do 6 on 6! (a sério, acho mesmo!)

E agora – já sabem – vamos lá ver o que andaram as minhas colegas de 6 on 6 a magicar à noite!

10 Comments

    • joan of july

      Tentamos, não é? 😛 Obrigada, Joana. <3
      E o São João deu um gozo especial de fotografar. 😉

    • joan of july

      Como é que fotografas, Daniela? Com uma DSLR podes ter controlo total sobre os settings da câmara para obteres os melhores resultados possíveis! 🙂 Ah, e se quiseres resultados praticamente perfeitos, usas um tripé et voilá! Eu não fiz isso neste desafio, mas já experimentei e ajuda imenso. 🙂

  • Marta Chan

    Sabes que comparando as fotos que tiraste à Raquel com as deste 6 on 6, já consigo ver uma grande diferença? Estão mais nítidas, sem dúvida. Ameiiii a da Casa Oriental, a luz a incidir no centro e a aplicação do preto e branco está genial 🙂

  • Catarina Cardoso Coelho

    Adorei as tuas fotografias, Cat! Gostei imenso do contraste dos neons das roulotes, os balões na última foto e do b&w da Cara Oriental. Lindas <3 Aprendemos imenso com este 6 on 6! Foi um belo de um desafio 😀

  • Vânia

    Concordo contigo quando aos retratos noturnos, confere-lhe de facto uma certa atmosfera cinematográfica e é a primeira vezes que me apercebo disso, graças às tuas fotos. Adorei a forma como captaste uma noite (ou várias) expotâneas, em que a luz e as silhuetas das pessoas criam uma composição fantástica. Também não conseguiria escolher entre as duas das rulotes de farturas, tanto a cores como a P&B ficam muito boas, carregadas de vida e movimento. E a definição está tão boa que ninguém notaria a ausência de luz. 🙂

  • Maria

    As fotografias estão super giras. Gosto bastante das do género da primeira (realmente, quando se apanham largas porções do céu, com diversos tons de azul, rosa e laranja, as fotografias ficam mesmo excelentes). E também gostei bastante das fotografias a preto e branco – é até uma boa maneira de escapar aos problemas colocados por falta de luz artificial ou por um dia não do nosso flash.

    Fotografias nocturnas sempre foram o meu calcanhar de aquiles, mas também ainda não tive oportunidade (e até mesmo alguma vontade) de realmente aprender a funcionar com a minha câmara fotográfica.

  • Catarina Gralha

    Agora que vejo, gosto muito de fotografias nocturnas a preto e branco. Gostei especialmente da da Casa Oriental. A primeira também está muito interessante, adoro as cores do céu! Que magia <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *