personal

Da gestão do tempo e da definição de prioridades

Definir prioridades é a resposta para se conseguir fazer tudo, é o que sempre digo a quem me pergunta como é que tenho tempo e consigo fazer tanta coisa ao mesmo tempo.

Para já, o “ao mesmo tempo” não é bem assim. Sim, há uma data de coisas que estou a gerir ao mesmo tempo (Bloggers Camp, CPR – A Reanimação da Escrita, a fotografia, o blog e o lançamento de um novo site que mencionarei mais abaixo).
Parece imensa coisa e até eu me canso de olhar para isto tudo e lembrar-me do trabalho que tudo isto dá, principalmente tendo em conta que tenho um emprego a full-time, um namorado (que não faz questão de fazer de mim um anexo), família, amigos, uma vida social e que gosto de ir ao ginásio. Ah, e que estou em processo de remodelação e mudança de casa. Mas se acham mesmo que dedico todos os dias a todos os projectos, desenganem-se! 🙂

Espalhar tarefas pela semana toda

photo-1435527173128-983b87201f4d

Um dos meus “truques” é espalhar tarefas relacionadas com todos os meus projectos pela semana inteira (e fim de semana). Quem é que tem tempo para tudo isto todos os dias? Ninguém. Bem, talvez que tivesse se estivesse desempregada como estive em 2013.

Tudo isto para dizer que, hoje em dia, parece que as pessoas sentem um sentimento de culpa enorme por não conseguirem dar resposta a várias actividades em simultâneo. Eu própria já sofri desse mal, mas rapidamente cheguei à conclusão de que é simplesmente impossível, principalmente se queremos que as coisas fiquem bem feitas e não “às três pancadas” só para despachar.

Delegar, delegar, delegar

Outra coisa que aprendi foi a confiar nos outros, especialmente depois de começar a organizar o Bloggers Camp com a Ana e a Cat. Também ajuda o facto de ambas serem altamente eficientes e trabalhadoras. Mas antes disso, para mim era dificílimo pedir ajuda ou atribuir tarefas a outras “colegas de equipa”, assumindo todas os trabalhos e tarefas possíveis.
Se estão num projecto com uma equipa, por mais pequena que seja, não guardem todo o trabalho para vocês. Em primeiro lugar porque não é justo (para vocês ou para o resto do grupo, que também quer participar), em segundo porque vão estar a enterrar-se em trabalho e responsabilidade sem necessidade nenhuma, deixando menos tempo para desfrutarem dos vossos tempos de lazer.

Definir prioridades

woman-hand-smartphone-desk

Esta é, para mim, a dica mais importante de todas. Acima de tudo, acho importante saber definir o tipo de tarefas que temos pela frente: são importantes? Urgentes? Opcionais? Só nós o saberemos dizer, pois cada pessoa tem uma escala diferente, mas assim que aprendemos a categorizar tarefas de forma automática, temos a vida facilitada.

Por exemplo – e aqui vou ser muito sincera convosco – há coisas na minha vida que, em detrimento da importância e prioridade que a organização do Bloggers Camp assumiu nos últimos meses dada a proximidade temporal do evento, ficaram para segundo plano. Pequenas tarefas e hobbies aos quais não tenho dado tanta atenção quanto queria porque me vi obrigada a fazer uma gestão mais eficiente do meu tempo para ter tempo para o trabalho e ainda para a organização do BC.

Tarefas e projectos que sacrifiquei um bocadinho por causa do BC:

  • O CPR – A Reanimação da Escrita : tenho tido alguma dificuldade em arranjar tempo para escrever e às vezes não consigo respeitar o prazo de entrega do texto. Este mês, por exemplo, tenho uma grande ideia para um texto com o tema que escolhemos, mas não tenho tido muito tempo (ou cabeça) para o escrever. Espero conseguir fazê-lo no fim de semana! Até diria ao longo da semana, mas detesto escrever textos aos bocados, não consigo fazer isso. Quando tenho uma onda de inspiração é para aproveitar, senão depois morre e o texto parece que foi escrito por duas pessoas diferentes.
  • o Joan of July – Ah, sim, este blog. Estranhamente tenho conseguido até manter uma frequência razoável de posts por semana e nada no mundo (até agora) diminui a minha vontade e o prazer que tenho em escrever aqui. No entanto, há dezenas e dezenas de posts que queria fazer (bem diferentes dos que tenho feito) e que simplesmente não tenho tempo para desenvolver agora. Mas não ficarão esquecidos, garanto-vos! Ou não tivesse eu uma agenda para o blog. 😀
  • os vossos blogs  – aqui é que tem sido pior. Tenho sido uma desgraça neste ponto, uma leitora silenciosa que pouco ou nada tem comentado os vossos blogs. Mas não pensem que deixei de os ler, nada disso! Só não tenho tido tempo para comentar. Quando vejo um tempinho para estar ao PC depois do trabalho, normalmente tenho tido duas escolhas: responder a emails do Bloggers Camp, preparar conteúdos para o Bloggers Camp ou escrever no Joan of July para não o deixar ao abandono. Mas eu voltarei, não duvidem disso. Já tenho saudades! 😉
  • a fotografia – tenho literalmente dezenas de ideias escritas para aplicar em sessões fotográficas temáticas e tão pouco tempo para as concretizar. A falta de tempo tem-se reflectido principalmente aqui, uma vez que não tenho conseguido combinar sessões nenhumas depois desta última. O tempo também não tem ajudado, é verdade, mas queria MESMO combinar uma sessão para este fim de semana. Vamos lá ver. 🙂
  • o meu novo projecto – sim, vem aí algo novo! Já agora, vou contar, porque não? 😀 Estou prestes a lançar uma revista de fotografia. Bem, um site em estilo magazine juntamente com umas meninas muito talentosas. Estou maluca de entusiasmo com este novo projecto, principalmente porque já andava a pensar em fazer algo assim há algum tempo. Quando puder falar-vos melhor desta magazine, não me esquecerei de o fazer por aqui, prometo. 🙂

E é isto que se tem feito (e não feito) por este lado. O tempo não chega mesmo para tudo e o contrário é uma ilusão. Chega, no entanto, para muita coisa, desde que se saiba aproveitar bem o tempo disponível e definir prioridades. Não me posso queixar. Tenho conseguido fazer tudo o que quero depois de aprender a fazer o que vos falei neste post.

E vocês, como gerem o vosso tempo para conseguirem fazer tudo o que querem? Gostariam que fizesse um post sobre gestão de tempo no dia a dia, algo mais pormenorizado? 🙂

2 Comments

  • Lidia

    Catarina, vivo no mesmo dilema… Trabalho a tempo (super-)inteiro e tenho o meu blog e projecto pessoal que também é um pequeno negócio e o resto da vida a acontecer ao mesmo tempo. A estratégia que uso é a mesma: espalhar as actividades, planear bem a semana e o que fazer em cada dia. Não é fácil. E sofri um pedaço até descobrir como “encaixar” tanta coisa. Nunca fiz nem pensei fazer tanta coisa ao mesmo tempo. É como ter várias panelas a ferver ao mesmo tempo e tomar conta de todas… 😀 E o ridículo é quando invejo as pessoas que têm tempo livre e penso: “ah, com aquele tempo todo, eu fazia mais 5938745485 coisas”. Ou seja, nunca teria tempo livre, fosse como fosse. Descanso zero é a pior consequência disto tudo. Se gostares de tudo o que fazes, no entanto, é um trabalho leve, leve. 🙂 Beijinhos e continua a orientar(-nos).

  • Maria

    Exacto. Mais do que outra coisa qualquer, é preciso estabelecer prioridades e perceber que é preciso viver para além das actividades que temos para fazer. Exagerar na quantidade de coisas a fazer por dia ou semana também não nos faz nada bem, especialmente se for tudo feito a correr. Eu também costumo organizar os meus dias assim. Apesar de dar imenso trabalho e ser precisa muita paciência, eu até que funciono melhor quando tenho várias coisas para fazer ao mesmo tempo. Quanto menos tenho para fazer, pior é para mim para me organizar. Esse último projecto deixou-me bastante curiosa – boa sorte para o lançamento da magazine online 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *