personal,  photography

A minha primeira sessão fotográfica do outro lado da câmara

Há uns meses participei num giveaway do blog Seventeen Seconds na esperança de ganhar uma sessão fotográfica com a Sofia e… fui uma das vencedoras! Fiquei feliz da vida, não só porque gosto imenso do trabalho da Sofia, mas porque nunca fiz uma sessão fotográfica ao contrário, ou seja, à frente da câmara.

Nunca adorei ser fotografada, confesso. Sinto-me awkward, não sei para onde olhar, o que fazer aos braços, ao cabelo, se estou a fazer crazy eyes ou resting bitch face (esta última é inevitável, já percebi). Mas ao fotografar com alguém profissional, percebi que não tenho que me preocupar com poses, porque a Sofia ajudou-me com as suas direcções durante toda a sessão.

Vou mostrar-vos algumas das fotos da minha sessão fotográfica com a Sofia, só mesmo porque estou felicíssima com o resultado e nunca tive fotos minhas tão bonitas!

001 002_B&W 007 010_B&W 012 013 015 cores pb

Quando recebi as fotos da sessão nem queria acreditar. Já tinha visto as fotos na máquina da Sofia, mas recebê-las assim grandinhas e na sua versão final é logo outra coisa.

Adoro e pronto, não sei muito mais como descrever o que sinto. Ahahah. Mas vá, eu vou tentar.

A verdade é que gostei tanto do resultado desta sessão fotográfica porque a Sofia captou um lado meu que não vejo muitas vezes (nem eu nem ninguém, convenhamos). Um lado mais demure, mais romântico e – arriscaria até – cinematográfico. Normalmente sou meia goofy, mas estas fotos são um bom lembrete de que ninguém é unidimensional, não acham? 

É por isso que acho que a fotografia maravilhosa. Porque é capaz de congelar momentos no tempo, ajudando-nos a recordar memórias felizes em anos vindouros. Pelo menos é assim que encaro estas fotos com que fiquei e que vou preservar para sempre. 🙂

Uma ideia que tenho para as colocar em bom uso é imprimir uma ou duas das minhas favoritas desta sessão e colocar ao pé do meu futuro toucador no meu quarto da casa nova para me lembrar de que quando me arranjo não fico nada mal. 😛 eheheh

O que acham desta ideia? Já agora, conheçam melhor o trabalho da Sofia Garrido (a quem agradeço imenso estas fotos) aqui.

12 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *