Sem categoria

Hair Makeover: the veredict (photos and stuff)

Well hello everyone!

Hoje venho mostrar-vos como foi o meu processo de “tingimento” e mudança de look. Começo realmente a decidir-me pelos cuidados do cabelo em casa. DIY é mesmo a ‘minha cena’. Se tivesse feito isto num cabeleireiro tinha gasto imenso dinheiro e aposto que me tinham estragado o cabelo. Mas já vos vou falar disso.

Então, passo a passo foi assim:

1. Kit de descoloração

Não é um kit, mas sim os elementos necessários para descolorar o cabelo. E muito baratinhos! Estes comprei no Via Catarina, no Porto, no piso inferior. Estes dois ficaram em 4,10€. Já comprei mais barato, mas em Lisboa. Cá no Porto recomendaram-me o estabelecimento de produtos para o cabelo do Via Catarina e eu lá fui, até porque ficava praticamente ao lado da loja onde comprei a tinta para o cabelo.

Já vou dar o veredicto sobre os produtos.
2. A tinta para o cabelo

Comprei na loja Ekstra, na baixa do Porto (http://ekstra.pt/). Acabei por me decidir pela Pink Flamingo, mas da próxima vez já sei que vou querer experimentar um tom de azul. 🙂

3. Os produtos de recuperação
Refiro-me aos produtos que me vão ajudar a recuperar a saúde máxima do cabelo depois da descoloração, visto que este é um processo bastante agressivo para o cabelo. Quando fiz as pontas claras em casa fiz bastantes máscaras e apliquei bastantes óleos para que voltassem ao normal. No veredicto vou contar-vos como foi desta vez.

 Champô: 2,75€ (Skala, 12 em 1)
Máscara: 4€ aprox. (Skala, Keratina).
Adoro os produtos da Skala e o meu cabelo dá-se super bem com eles. Para produtos capilares confio a 100% quer nos brasileiros, quer nos indianos.

4. O processo propriamente dito
4.1.- Descolorar e esperar (40-50 min, porque tinha tinta no cabelo. Os cabelos virgens são muito mais rápidos de descolorar).

4.2.-  Descolorar consoante a necessidade. Eu nunca deixo descolorar muito porque recuso-me a sacrificar a saúde e beleza do cabelo. Não quero “fritar” as pontas para depois ter que ir a correr ao cabeleireiro cortá-las (e chorar depois). Ná. Assim já achei que estava muito bem.

4.3.- Passar por água e depois aplicar a tinta, que se aplica em cabelos molhados, por isso também se espalha super bem.
Tempo de espera: na embalagem diz 15 minutos, mas a empregada da loja recomendou-me entre uma a duas horas. Deixei uma.

4.4.- Passar por água e retirar o excesso de tinta. Secar o cabelo e modelá-lo a gosto. 😛

Final result:


 Hoje à luz do dia:

Veredicto(s):

  •  O meu cabelo não ficou nada danificado! Era esse o meu maior medo ao descolorá-lo, mas ele ficou muito bom! Daquela outra vez que o descolorei em casa mal conseguia penteá-lo e ficou esquisito e muito ressequido e foram precisos vários produtos para que voltasse ao normal. Desta vez não. Na verdade, ainda nem fiz nenhuma máscara! Está fantástico! E ainda bem, porque cabelo sem brilho para mim não faz sentido. De que serve ter cabelo comprido/pintado, etc., se não estiver bonito e saudável?
  •  A tinta agarrou super bem. O boião é pequenino (como podem ver na foto), mas ainda sobrou para depois retocar. É suposto ir saindo entre 7-8 lavagens, por isso, como sobrou, posso sempre reaplicar. Penso que deve ter sobrado porque se aplica com o cabelo molhado e, dessa forma, é muito mais fácil de espalhar.
  • O meu Pink Flamingo parece um bocado vermelho nas fotos, mas ao vivo nota-se bem que é rosa-choque. 🙂

Para já estou a gostar imenso!

6 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge