O 1º encontro #SheWorks, agradecimentos

Posted on

Ontem teve lugar o primeiro encontro #SheWorks , um projecto que criei agora no início de 2019 e que junta mulheres profissionais durante duas horas em cada mês a discutir temas pertinentes dentro da área da carreira e realização profissionais.

Em primeiro lugar devo confessar que estou simultaneamente assoberbada e estupidamente feliz por toda a partilha que houve em apenas duas horas, entre as 19h e as 21h de ontem na Red Apple. O primeiro encontro #SheWorks foi absolutamente incrível e nunca duvidei que a Vânia Duarte fosse a pessoa ideal para discutir comigo e com as mulheres presentes o tema “Trabalho por conta de outrem: como conciliar com hobbies criativos e o mito do empreendedorismo como única via do sucesso profissional”.

Não vou aprofundar o tema aqui neste post, mas irei certamente escrever mais sobre ele. I’m not quite done with it just yet.

Porém, no passado, escrevi sobre isto do empreendedorismo e de achar uma treta que só assim poderemos sentir-nos validadas. Apresento-vos o meu post que, em tom irónico, se chama:

Quem não tem o seu próprio negócio é um ovo podre.

Bem, continuando. Em segundo lugar, devo dizer-vos que não estou chocada com o facto de tanta gente ter gostado e me ter dado bom feedback acerca do evento de ontem. Não tem nada a ver com ter sido eu a organizar, podia ter sido qualquer outra pessoa e acho que o feedback seria o mesmo. Porquê? Porque falar sobre estes assuntos faz falta. Porque juntar mulheres com as mesmas dúvidas e a possibilidade de se entreajudarem é importante.

Porque faz falta a todas. A mim também.

eu e a Vânia Duarte
foto: Ana Teresa Rei

Estou tão feliz por não ter seguido a minha ideia original de criar o #SheWorks em formato de podcast! Os encontros físicos são, hoje em dia, cada vez mais necessários. Não concordam? Para além disso, são excelentes oportunidades de networking, tal como refiro no meu livro “Licenciei-me… e agora?

Para terminar, quero agradecer-vos a todas pelo apoio, pelas palavras, pelo interesse. Quero agradecer à Vânia por nem ter hesitado em aceitar o meu convite para ser a primeira oradora para estrear este evento, mesmo tendo – como eu – algum pânico de falar em público. Obrigada à Ana Varão da Red Apple também, por nos ter disponibilizado o seu espaço tão bonito e inspirador.

Mas por falar em pânico, devo confessar-vos que também não sou fã de falar em público e de me expor, especialmente sozinha à frente da organização de um evento. Com o tempo passei a não adorar muita atenção sobre mim, seja por que motivo for e ainda me sinto desconfortável com a exposição, mas sabem, o #SheWorks também teve um motivo mais pessoal, talvez mais egoísta, por trás: passar a sentir-me mais à vontade com todas essas coisas. É algo que vos desafio a fazer também em cada encontro #SheWorks se sentem o mesmo que eu: falar, darem-se a conhecer, participar, partilhar.

Vamos a isso? 😊

O próximo encontro #SheWorks será no dia 20 de Fevereiro, das 19h às 21h. No início do próximo mês divulgarei o espaço, tema e oradora!

3 Comments

  1. Liliana Silva says:

    Parabéns mais uma vez, Catarina 🙂
    Achei a conversa muito inspiradora e um abre olhos também porque realmente mesmo sem nos apercebermos temos aquela ideia de que se trabalhamos para alguém somos menos do que… e não é necessariamente assim tão linear, aliás não é nada disso de todo!
    O facto de ouvir a Vânia falar das suas muitas aventuras, do seu percurso fez-me reflectir bastante sobre a minha situação. E o que mais me marcou foi perceber que não temos de ser apenas uma coisa, podemos ser muitas e mudar de opinião e gostos com os anos faz parte.
    Estar no desemprego é uma situação de caca mas temos de tentar não desanimar e acreditar que se fizermos por isso as coisas voltam ao seu lugar. Não podemos é ficar à espera “da luz” ahah

    Parabéns também à Vânia, que soube cativar-nos muito bem e que ninguém diria que tem pânico de falar em público. E que também tem uma veia humorística que gostei 😛

    Eu, que também faço parte do grupo dos que têm pânico de falar em público, vou tentar desafiar-me mais!

    Beijinhos

  2. Andreia says:

    Que projecto interessante Catarina!
    Estou muito interessada em ir ao próximo 🙂

  3. vânia duarte says:

    Foi uma honra inaugurar o sheworks ao teu lado, foi um final de dia muito bem pessado e fico mesmo feliz que tenha sido motivador para quem esteve presente ouvir o meu ponto de vista e o quanto é importante não deixarmos que os inputs externos nos toldem o bom senso. Porque ter um chefe não é a coisa mais hrorivel de sempre e podemos mesmo ser muito mais coisas basta querer 🙂 Obrigada de coração.

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge