Sem categoria

Solving problems

Não vinha cá há mais de um mês e hoje, de regresso, deparo-me com certas mudanças no blogger. Se bem repararam o meu blogue está diferente. Gosto muito, obrigada blogger.

A minha vida tem estado…. interessante. Muitas voltas e reviravoltas, muitos altos e baixos (mais altos que baixos, felizmente). Com tanta coisa que aconteceu desde que voltei ao trabalho no início de Setembro, apercebi-me de várias coisas. Uma delas é que sou mais forte do que aquilo que pensava e que, em suma, SOU AWESOME. Não sei se já tinha dito isto antes, mas volto a repetir, não faz mal nenhum e o espaço por palavra na internet não se paga (senão já estava lixada).

F*CK IT, I’M AWESOME.

Sempre que alguma coisa má me acontece- coisa má, leia-se, um percalço ou algo inesperado que não me beneficia em nada-, permito-me sempre no mínimo um dia útil para me sentir uma merda, para me queixar de tudo e todos e para achar que MY LIFE SUCKS, OMG… etc. Vocês sabem como é.
Maaas, no dia seguinte acabou a pity party. No dia seguinte é sempre dia de erguer a cabeça e fazer planos. Planos para sair de qualquer buraco em que possa ter caído. Planos para reverter situações menos favoráveis. É algo que tenho a mania de fazer e resulta.

A verdade é que, por algum motivo, há vários problemas que se vão resolvendo sozinhos ou então cujas soluções se vão revelando à medida que vai passando o tempo, quer sejam dias ou uma semana ou duas.

Ou então tenho muita sorte. 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *