Off Sight: os melhores retratos que tirei em 2017

Posted on

Enquanto toda a gente se prepara para fechar o ano, aqui no blog também há algo a chegar ao fim, neste caso, o projecto fotográfico Off Sight. À semelhança do ano passado em que fiz parte do projecto 6 on 6 (e que adorei), este ano continuamos a desafiar o nosso olho e técnica fotográficos com outro projecto. Se, quando o ano começou, o projecto se focou mais em casas abandonadas, a meio do ano alterámos o foco do projecto para o retrato, de forma a torná-lo mais dinâmico e menos cansativo (para nós e para quem segue os nossos blogs).

Por isso, agora na despedida do Off Sight, decidi fazer um apanhado dos meus retratos favoritos do ano. Uns resultaram de sessões fotográficas, outros de momentos mais espontâneos, mas gosto igualmente de todos os desta lista.

Vejam então a minha selecção e conheçam um bocadinho da história por detrás de cada retrato.

Este ano fotografei a Ana no Lx Factory a pedido dela e com um objectivo muito específico. Fotografar a Ana é sempre um enorme prazer, não só porque é mega fotogénica, mas porque é minha amiga e acabamos sempre por nos divertir imenso, mas isso não quer dizer que fotografar a Ana não tenha os seus desafios e dificuldades. Depois desta sessão fiz uma reflexão sobre o que podemos aprender com as pessoas e como ficamos a conhecê-las melhor depois de as fotografar. Se quiserem, espreitem o texto aqui: “A lente não mente: como fotografar a mesma pessoa pode dizer-nos muito sobre ela“.

Este retrato da Evódia é um bom exemplo de um retrato espontâneo que tirei este ano e que adoro. Parece ter sido no momento certo; apesar da expressão calma, a Evódia erradia uma força incrível, muito natural e característica dela. Neste dia, eu tive o privilégio de fazer parte de um grupo de mulheres inspiradoras numa sessão fotográfica para o novo site e projecto da Evódia, o Afropolitana. Vejam algumas fotos dessa sessão em que participei (tiradas pela Raquel Dias da Silva) aqui.

Estas duas fotos resultaram de uma sessão fotográfica que fiz com uma menina giríssima chamada Inês e que foi uma das vencedoras de um giveaway que fiz aqui no blog em que o prémio era uma sessão fotográfica comigo. Tive uma sorte descomunal com as pessoas que me calharam neste giveway, especialmente com a Inês, que é super fotogénica. Havia algo de mágico e ancestral no seu olhar que só as fotos podem explicar, uma vez que as palavras me faltam. Podem ver mais fotos desta sessão fotográfica com a Inês aqui.

Outro retrato espontâneo como o da Evódia, mas desta vez com a Marta. Aqui, apanhei-a no piquenique de aniversário da Joana numa cena tipicamente Marta; rodeada de natureza, de luz e de cor. Conhecendo a Marta, é assim que a identifico. Mesmo não tendo ela tido o ano mais fácil, para mim a sua aura é sempre a mesma e até nos momentos menos bons consegue conservar a sua energia contagiante. Por falar nisso, passem no blog dela (ela voltou!) e leiam um pouco da sua história e o porquê de se ter afastado do blog.

Ah, a Margarida! O que dizer sobre ela para além de ter sido uma das melhores pessoas que 2017 me trouxe? Conheci-a por causa do Bloggers Camp e desde então nunca mais voltou a sair da minha vida; gosto tanto dela, da sua serenidade e simpatia! Sinto que 2018 ainda nos vai aproximar mais e espero sinceramente que sim. Passem aqui para ver a entrevista que lhe fiz aqui no blog. Também podem ver mais fotos desta sessão fotográfica com a Margarida nesse post.

E como não incluir estas duas fotos da Mafalda nesta lista? Fotografei-a duas vezes para dois outfit posts do seu blog e foi uma experiência maravilhosa. Como blogger veterana que é, a Mafalda sabe quais são os ângulos que a favorecem e é pro em mudanças de roupa rápidas, qual desfile de moda. Estas duas sessões fotográficas ocorreram na mesma manhã, embora não pareçam.

A minha luminosa Susana também tinha que estar nesta lista. O que fizemos não foi uma sessão fotográfica “à séria”, mas trocámos retratos no dia da sessão da Evódia para o Afropolitana. Com os retratos que tirei à Susana fiquei com a certeza de que vou querer fotografá-la mais a sério em breve. Vejam-me só aquela expressão e expressividade! 😀

E o que dizer desta sessão com a Vânia, que tão importante foi para mim e para ela? Se ainda não leram o que está por detrás destas fotos, não deixem de ler este post da Vânia sobre auto-estima, sobre o que a levou a desejar esta sessão e vejam também outras fotos. É um texto muito poderoso e que vele MESMO a pena ler. Imperdível, diria até.

Conheci a Liliana apenas no mês passado numa sessão fotográfica que combinámos e que tem como objectivo ajudar a arrancar um novo site e projecto. Não só adorei conhecê-la porque é uma pessoa incrivelmente simpática, como adorei fotografá-la na Quinta das Conhas com esta luz gloriosa de Outono.

Para último deixei uma foto que tirei ao meu mais que tudo durante a nossa viagem à Suíça, em Outubro. Não é muito frequente ele deixar-me tirar-lhe fotos de boa vontade, por isso aproveitei que ele estava relaxado e entusiasmado para lhe tirar esta foto. Aqui, estavamos a caminho de uma das atracções da nossa lista de sítios a visitar. Agora, quando vejo esta foto não consigo evitar sorrir. Acho que ele ficou tão bem nesta foto! É ele, percebem? Sem tirar nem pôr. E lembro-me imediatamente desta viagem tão marcante para ambos.

E não é esse, afinal, o poder da Fotografia? De evocar memórias de sítios, momentos e pessoas? Se despertar em nós sentimos de alegria e, ao mesmo tempo, de saudade?

E é por isso também que não consigo dizer adeus a projectos fotográficos…

Sim, o Off Sight terminou com 2017, mas a seguir virá outro e eu não vou dizer-lhe que não.

Querem espreitar os meus outros Off Sight do ano antes de vir aí o novo projecto fotográfico? 🙂

Ah, e já agora e como é costume, visitem também os blogs das outras participantes!

Marta
Vânia
Catarina
Jiji
Marta

5 Comments

  1. Joana Sousa says:

    Um ano em grande, Cat, cheio de pessoas e da luz que as tuas fotos nos trazem 🙂 gosto particularmente do retrato da Susana, tão genuíno!

    Que 2018 venha recheado de coisas boas!

    Jiji

  2. Vânia says:

    Que fotos lindas, e pessoas inspiradoras. 🙂

  3. Marta Chan says:

    Olha que destA não estava nada à espera, os meus parabéns pelo apanhado do ano em retratos tão bem conseguido!
    Obrigada também pelas palavras tão bonitas sobre a minha pessoa, sabes o quanto gosto de ti por isso fiquei tãoooo feliz, são exactamente estas as boas surpresas da vida, és linda!

    Quanto aos outros retratos fizeste um trabalho grandioso entre sessões e naturalidade. Conhecendo o Pedro ao vivo e olhando a foto dele o primeiro pensamento foi UAUUU Este é mesmo O Pedro! Porque sei que ele não é grande apologista de fotos e as que tenho visto dele dá para perceber que não é a sua coisa preferida de fazer hehehe Mas nesta foto vês de caras o Pedro, a sua alma, a sua luz, a sua atitude chilled. Foto para emoldurar Cat!!

    Tanto a Margarida como a Susana da Bless, falta-me conhece-las mas posso dizer que a foto da Susana ficou fantástica! Cada promenor da fotografia, está tudo no lugar e a sua expressão é comovente.

    Eu bem que podia falar de cada fotografia e do carinho que sinto por essas pessoas, são todas, à sua maneira, inspiradoras, bonitas por dentro e por fora, pessoas que partilham e irradiam boas vibes, pessoas que queremos ter por perto.

    E venha daí mais um Projecto Fotografico!! YEYYYYY!!

  4. Natália Rodrigues says:

    Gosto muito dos teus retratos, o da Susana ficou divinal. Engraçado que quando a conheci não me apercebi que tinha sardas. Linda! e essa fotografia mostra muito da força que transmite.

  5. Helena dos Santos Pereira says:

    Não gosto muito de fotografar pessoas, mas adoro ver o jeito que os outros têm para o fazer! Sem dúvida que os meus retratos favoritos são aqueles em que as pessoas estão mais desapercebidas.

    Lena’s Petals xx

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge