Manic Monday: Medieval Monday

Posted on

ilustração: Palavra-Padrão

Long time, no Manic Monday! Vamos já tratar disso. Esta segunda-feira há mais uma mini playlist Manic Monday e, desta vez, é especialmente dedicada a fãs de feiras medievais, como é o meu caso. Creio que há pelo menos duas bandas nesta playlist que vos vão surpreender.

A Viagem Medieval em Terra de Santa Maria terminou ontem e eu faltei este ano… Fico tão triste por isso, pois é um dos meus eventos favoritas e mais aguardados do ano, mas desta vez não me deu jeito ir ao Porto durante a feira medieval, pelo que acabei por ter que deixar passar.
Mas… para o ano faço questão de lá estar!

 A playlist: Medieval Monday

Então, para matar as saudades das feiras medievais criei esta pequena playlist, mas para vos ser muito sincera, eu ouço este tipo de música o ano inteiro, especialmente porque muitas delas estão integradas numa playlist maior que fiz até com outra temática, mas na qual se encaixam perfeitamente.

Agora, sem mais demoras, aqui está ela!

Um facto engraçado: Jabardeus foi uma banda que ouvi pela primeira vez (e a tocar ao vivo) na Feira Medieval de Santa Maria (ou será que foi na de Silves?) De qualquer modo, o nome ficou gravado na minha memória e passei a ser ouvinte!

Aqui nesta playlist encontram ainda duas bandas portuguesas: Galandum Galundaina e Gaiteiros de Lisboa.

Sobre os Galandum Galundaina (http://www.galandum.co.pt/)

é um grupo de música tradicional mirandesa criado em 1996 com o objectivo de recolher, investigar e divulgar o património musical, as danças e a língua das terras de Miranda (mirandês). O grupo faz a ligação entre a antiga geração de músicos e a geração mais jovem, assegurando a continuidade da rica tradição cultural desta região, que durante anos correu o risco de se perder.

Fonte: Wikipedia

Sobre os Gaiteiros de Lisboa (www.gaiteirosdelisboa.com)

Os Gaiteiros de Lisboa são um dos mais importantes grupos de renovação e reinvenção da música tradicional portuguesa. Com uma obra ímpar, originalíssima, que conta com cinco álbuns de estúdio e um ao vivo, para além de inúmeros concertos em Portugal e no estrangeiro, os Gaiteiros de Lisboa traçaram e continuam a traçar novos caminhos para a nossa música identitária, de raiz, que neles nunca ficou lá atrás mas esteve, está e estará sempre de olhos postos no futuro. Inventivos, muitas vezes revolucionários, criadores de novas sonoridades, instrumentos e (re)leituras da nossa lírica popular, os Gaiteiros de Lisboa são igualmente – e desde o seu início, em 1991 – os principais responsáveis pelo surgimento de sucessivas gerações de novos músicos e bandas que, seguindo os seus passos, se lançaram igualmente nesta aventura de pegar na herança da música rural portuguesa reinventada no Séc. XXI.

Fonte: Uguru

Se quiserem checar outras minhas playlists Manic Monday, podem fazê-lo aqui.

Espero que tenham gostado! 🙂

0 Comments

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge