personal

4 metas para Setembro e a magia da rentrée

Poucos devem ter sido os anos – nestes quase 11 de existência do Joan of July – em que não assinalei a chegada de Setembro. Há algo neste mês que mexe comigo. Há quem diga que é um mês de recomeços, de renovações e de decisões. Identifico-me com esse grupo. Por aqui, já estou a pensar em algumas metas para este mês. Acompanham-me nesta rentrée?

Setembro, Setembro… Para sempre com letra maiúscula como mandam as suas origens em divindades pagãs e na Roma Antiga. Não há acordo ortográfico que vá mudar isso para mim, pelo menos neste espaço que me pertence.

O que será que há neste mês que tanto inspira a mudanças e que tanto rima com retorno? Será apenas uma construção da sociedade e uma recordação dos tempos em que voltávamos às aulas após os (aparentemente) longos meses de Verão?

Enquanto adultos, falta-nos esse regresso literal que nos diz que o Verão acabou mesmo, muitas vezes antes do tempo. Porém, parece que parte de nós sente que algo está a mudar. Não posso ser só eu. Também sentem?

Por um lado, custa-me horrores pensar que o Verão tem os dias contados. É a minha estação, aquela em que me sinto mais confortável, mais eu. Aquela em que o sol acaricia a minha pele e o mar me acolhe como a uma filha retornada a casa.

Mas o Outono está imediatamente a seguir na minha preferência de estações. Há toda uma mística outonal à qual não consigo ficar indiferente. Mas não nos adiantemos. 

Rentrée, mudanças, alinhamento de intenções e objectivos. Não voltamos às aulas, mas depois da descontração total do Verão, há que voltar a ganhar foco nas coisas que são importantes e que nos dão verdadeiramente trabalho. É como naquela velha fábula da cigarra e da formiga; não podemos passar o tempo toda a cantar e a tocar viola (metaforicamente falando); é preciso trabalhar. 

Para mim, neste mês, os objectivos mais trabalhosos vão ser apenas quatro (em vez das 6 que defini há uns anos atrás).

3 Metas para Setembro

1. Escrever (muito mais) aqui no blog

Não é segredo nenhum que não tenho escrito tanto quanto gostaria por aqui. Tenho saudades dos meus próprios textos, acham que isto faz algum sentido? Saudades de ter mais cabeça para escrever, mas isso, meus amigos, também se treina. No fundo, é voltar à forma (escrita). Tenho saudades da blogosfera portuguesa no seu auge, tenho-o dito muitas vezes, mas não basta dizê-lo; é preciso arregaçar as mangas e trabalhar para contribuir também. 

2. Organizar o Blogging for a Cause

Sim, é esta altura do ano! Tipicamente, começamos a organizar o Blogging for a Cause (evento 100% solidário) no mês de Setembro e este ano não será excepção. Estou tão entusiasmada com o que virá daqui! A única coisa que posso partilhar convosco por agora é que vão haver algumas mudanças (e boas!). 🙂
Se quiserem estar a par das novidades do Blogging for a Cause, sigam as nossas redes: Facebook e Instagram.

3. Avançar na escrita de um ebook

Ah, sim, eu quero escrever um ebook. Ainda não decidi se o vou partilhar aqui ou não, mas é verdade que vai existir, seja quando for. Neste momento, o meu ebook já tem um esqueleto, já se aguenta em “pé” no que diz respeito a existir um conceito e um fio condutor.

Só sei que, se o partilhar no blog… vocês vão gostar!

Ah, também fiz uma pasta no Pinterest para este ebook; ajuda-me imenso ter um moodboard, ainda que seja digital. Escusam de ir cuscar o meu Pinterest que esta pasta está privada. Ehehehe. 

4. Inscrever-me num curso ou workshop

E chegámos ao meu último grande objectivo para este Setembro. Já há algum tempo que ando a sentir vontade de voltar a estudar e acho que este é o mês ideal para o fazer. No que diz respeito a estudos, Setembro é verdadeiramente o mês da rentrée! Ainda não sei o que vou estudar, mas tenho um curso debaixo de olho (vá, uma unidade curricular em especial) na Faculdade de Letras, só ainda não lhe conheço o horário, o que vai determinar se o posso ou não frequentar. 

Em todo o caso, há sempre uma Escrever Escrever com cursos irresistíveis! Já lá fiz três e a tendência é para continuar.

Resta saber se vou conseguir cumprir as minhas metas, mas já sabem, eu funciono bem quando torno públicas as minhas intenções. 🙂

2 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *