NatusPurus

Comprar o que é nosso (ou uma declaração de amor ao artesanato)

Tenho andado mais ausente do que o habitual aqui por estes lados, mas é por uma boa causa. Tenho estado a tentar desenvolver a minha marca e o meu negociozinho familiar dos sabonetes. Já começámos a ir a feiras de artesanato e tudo. Em breve, se tudo correr bem, terei notícias deliciosas para partilhar com todos vocês. 🙂
E como agora ando numa de não só participar, mas também de frequentar feiras de artesanato- para ver o que anda para aí em termos de concorrências e para tirar ideias já para o Natal-, fui FINALMENTE ao LX Market. Já tinha ido na semana passada, mas infelizmente encontrei-o cancelado devido à chuva. Ontem foi uma história diferente.
Foi um domingo muito típico destes primeiros dias de outono em que o frio ainda está tímido e ainda impera um calorzinho teimoso proveniente deste sol esquizofrénico de outono-inverno. Adoro dias assim. E o mercado estava cheio- de vendedores e de fregueses. Havia coisas adoráveis e verdadeiramente inspiradoras. Ainda não vos contei, mas fui aceite como vendedora no LX Market e em breve irei para lá vender os meus sabonetes.
Bem, vou mostrar-vos um pouco do que vi por lá ontem:

A Clozette está aqui

Já está numa parede cá de casa. Esta peça da Arte’Encaixa já está numa das paredes cá de casa. O artesão utiliza caixas de vinho em madeira e preenche-as com revistas antigas, jornais, bandas desenhadas, santos, etc. Esta revista que forra a minha caixinha foi ilustrada por Bordalo Pinehiro. É uma verdadeira obra com história. 🙂

Tenho imensa pena de não ter fotos, mas havia uma mesa com doces cuja estética era inspirada nos anos 80 que eu achei absolutamente genial. Deram-nos uns quadradinhos de tétris para provar e eram do outro mundo! Completamente diferentes de tudo o que conhecia. Na própria mesa havia tétris, bolachas do Pac-Man, Cupcakes do Super Mario, etc. Lindo, genial e delicioso. Espero encontrá-los por lá novamente.
Claro que tinha que trazer um miminho para mim, não é? Eu sei, é um bocadinho infantil, mas eu adoro. 😡
Fim da tarde perfeito a lanchar um croissant do Careca no Restelo. Pelos vistos toda a gente (excepto eu) conhecia estes croissants deliciosos…
Não sei se vocês têm esse hábito, mas eu já há algum tempo que tenho vindo a gostar cada vez mais de comprar peças de artesanato. É que para além de serem únicas, gosto de ajudar produtores e artesãos locais em vez de ir comprar tudo a centros comerciais. Claro que, por razões óbvias, não vou deixar de ir ao Continente para fazer as minhas compras do mês num mercado local de agricultura biológica, não é? Se pudesse, fazia, mas dentro do possível, vou comprando o que é “nosso”. Se o fizerem também, estarão a ajudar a nosso economia e a combater o consumismo excessivo que está e sempre estará relacionado com os centros comerciais.
Por isso deixo aqui esta promessa:
Este Natal vou comprar quase tudo a quem produz artesanato. Excepto para o meu irmão, o consumista da família. 😛
Até já anda a circular a seguinte mensagem pelo Facebook:
“Façamos o seguinte para o Natal: comprar os presentes a pequenas empresas e autónomas. À vizinha que vende por catálogo, ou pela internet, por artesãos que façam bijuteria, à amiga que tem uma loja no bairro ou que faz artesanato, ao pasteleiro que faz os doces artesanais, ao rapaz que tem uma banca no mercado… Façamos o dinheiro chegar às pessoas comuns e não às grandes multinacionais. Assim haverá mais gente a ter um melhor Natal. Se achas que é uma boa proposta, copia e cola no teu mural. Apoiemos a nossa gente!!”


Não sou do género de partilhar qualquer coisa, mas isto partilho com todo o gosto. E vocês, já pensaram no Natal? Vão vivê-lo como sempre? Vão apertar o cinto? Fazer as compras de outra forma? Partilhem comigo! 🙂


5 Comments

  • lena

    Olá Catarina.
    Gosto muito de artesanato. Aliás até ando numa onde de pesquisar ideias para fazer algumas habilidades cá para casa. Sempre que tenho oportunidade opto por produtos nacionais que valem bem a pena.
    Beijinhos grandes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *