15/08/2020
Wise words

Wise words

O terrorismo combate-se pela sátira, pela formação de opinião, no fundo pelo diminuir da popularidade dos movimentos a um ponto a que seja muito difícil às células recrutar novos elementos. Se quiseres ir mais longe o terrorismo combate-se através da integração com sucesso destas culturas nas sociedades ocidentais.”

– não fui eu, mas podia ter sido.

7 thoughts on “Wise words

  1. Desculpa Catarina mas vou discordar. A magia de haver Oriente e Ocidente sao as diferencas culturais e aqui ninguem esta certo ou errado.
    Quanto ao ataque terrorista que aconteceu… Lembraste do atentado as torres gemeas no 11 de Setembro? Depois viemos a descobrir que foi tudo uma armacao para que houvessem desculpas plausiveis para uma guerra e pelo petroleo? Esta situacao e exatamente a mesma coisa. Nao vejas apenas o que te diz a televisao, procura outras fontes e vais perceber que este atentado teve um proposito bem diferente daquele que nos querem mostrar.

    1. As palavras não são minhas, Marta.
      De qualquer modo, eu não me baseio no que diz a televisão, nem nunca o fiz. Também não concordo com o que disseste, mas não gosto de falar neste assunto na internet. Tenho discutido bastante este assunto pessoalmente e encontro uma diversidade de opiniões no mínimo muito interessantes.

      Fiquei um pouco confusa quando disseste “Nao vejas apenas o que te diz a televisão”, quando eu nem sequer omiti a minha opinião e nunca a dei a conhecer, Marta. Como é que assumes que a minha opinião – seja ela qual for – é assim tão desinformada? :\

      1. Nesse caso entendi tudo ao contrario, peco desculpa! O que esta a acontecer e que as pessoas hoje em dia nao pensam por elas proprias, criam as suas opinioes com base nos mass media e isso deixa me triste, diante dos meus olhos esta uma sociedade cada vez mais formatada. Cada um e livre de acreditar no que quiser, claro!
        Entendo 1ue nao queiras transmitir a tua opiniao, tb nao o quero fazer, a internet pode ser um lugar perigoso quando expressamos certas opinioes.

          1. Obrigada, Marta! Gosto de ler sobre este assunto e tenho lido cada vez mais. A informação é a nossa melhor arma, eu acredito nisso. 🙂 *

  2. Concordo no geral mas há aí um ponto importante e no qual deixei de acreditar há muito tempo: a integração. Eu integro-me, em Roma sou Roma, todos na sua maioria tentam de uma maneira ou de outra integrar-se e ser o mais “discretos” possíveis. Porque raio é que esta gente – sim, os radicais islâmicos, os ciganos e tantas outras raças – não se integra e fica à espera que lhes façamos o seu bocado de terra longe da sua terra? Disse-o o Primeiro Ministro Australiano com muita razão: são todos bem vindos, mas se não gostam do que temos podem fazer as malas e ir embora (não foi bem assim, mas a ideia era esta).

    1. Acho que os nossos pontos de vista (e eu não expressei o meu) têm mais em comum do que poderás pensar, Ana. Infelizmente, acrescento, porque adoraria acreditar que um dia a integração será possível… Estou triste com tudo isto e acho que já debati o que tinha a debater. Sinceramente, espero não ter nada parecido para debater em breve ou nos próximos tempos. :\

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *