6 Séries do Netflix para ver este Halloween

Posted on

Com a noite de Halloween a chegar (é já amanhã!) e com muitos de nós sem grande vontade de ir sair e ir a festas, chega a altura e o contexto ideais para planearmos um cenário mais caseiro, mas claro, sem abdicar da atmosfera de terror característico da noite de All Hallows Eve. Se estão a pensar ficar por casa amanhã, preparem as pipocas e dêem as boas-vindas a uma maratona de séries de terror. Eis as minhas 6 sugestões.

A Maldição de Hill House

“Uma das histórias de terror mais perfeitas que já li.”

Stephen King

A minha mais recente e mais forte obsessão dentro do género de terror. Descobri “A Maldição de Hill House” (ou “The Haunting of Hill House”) enquanto procurava pela nova season de American Horror Story online, visto que no Netflix ainda não há. O que me chamou a atenção imediatamente em A Maldição de Hill House foi o facto de ter nada mais, nada menos que 9.0 no IMDB, algo que não é nada normal em filmes e séries de terror.

Agora que já vi a série toda, consigo que a nota se justifica.

A Maldição de Hill House centra-se na história da família Crain e na relação complicada de cada um dos seus membros – os pais Hugh e Olivia e os cinco filhos Steve, Shirley, Theodora, Luke e Nell – com a casa de Hill House. A série intercala memórias do passado com momentos presentes de cada um dos membros da família Crain de uma forma brilhante.

A Maldição de Hill House é baseada no livro homónimo de Shirley Jackson e também entra na série como sendo a obra de Steven Crain, o filho mais velho da família principal. Se Stephen King considerou esta como “uma das histórias de terror mais perfeitas que já li”, não serei eu a contrariá-lo.

Em termos de terror propriamente dito, esta série não desilude! Dei por mim várias vezes a ir para a cama com um medo do que iria encontrar no escuro que já não sentia há imenso tempo! Não acredito que vá haver uma segunda temporada, pois o final ficou bem fechado e bem explicado e – sinceramente – talvez seja pelo melhor! Sempre que adoro uma série, tenho muito medo que a estraguem numa segunda temporada ao tentar arrastá-la pelo máximo de tempo possível e sem a qualidade a que a primeira temporada nos habituou.

As coisas que vi

Outra das minhas (muito) recentes descobertas e que vi de fio a pavio numa tarde preguiçosa de domingo. Esta série não conta uma só história, mas sim seis, que é o número de episódios que tem. Cada episódio é uma história contada na primeira pessoa sobre acontecimentos paranormais que aconteceram ao narrador. Pelo meio, vêem-se reconstituições assustadoras daquilo que vão contando.

Lá porque os episódios são em formato de documentário, não pensem que são menos assustadores por isso. As histórias que vi e ouvi em “As coisas que vi” foram profundamente assustadoras. A forma como são contadas e o facto do tom dos narradores ser tão realista é positivamente inspiradora de pesadelos.

Requiem

Esta série surpreendeu-me muito pela positiva. Ninguém me falou desta série, foi daquelas minhas descobertas espontâneas no Netlix ou que ele me recomendou porque sabe o quanto aprecio uma boa história bem ‘dark’. E Requiem serve ‘darkness’ de uma forma espectacular!

A história é sobre uma violoncelista chamada Matilda que é profundamente abalada pelo suicídio da mãe e por visões estranhas que começa a ter. Pelo meio da dor e do processo de luto pela mãe, Matilda faz descobertas que a levam ao País de Gales em busca de uma menina desaparecida há 23 anos.

Algures no tempo e na série, a história de Matilda confunde-se e interliga-se com a de Carys, a menina desaparecida. Mas estarão Matilda e Carys ligadas de alguma forma? Serão elas a mesma pessoa?

Não diria que esta série me deu pesadelos ou medo, mas que é creepy, lá isso é! Desde a música, à tonalidade da série à temática meia satânica, Requiem merece uma chance! Só tem seis episódios, portanto também se vê num instante. O final ficou bem fechado, pelo que não creio que vá haver uma segunda temporada, mas esta vale muito a pena.

The Chilling Aventures of Sabrina

Lembram-se da Sabrina Spellman interpretada pela Melissa Joan Hart em 1996 numa série conhecida como “Sabrina, the Teenage Witch”, a bruxinha adolescente e simpática que viva com as duas tias – Hilda e Zelda –  e com o gato Salem? Pois… ela voltou! Quer dizer… mais ou menos. A Melissa Joan Hart deu lugar à Kiernan Shipka como Sabrina e a “Sabrina, the Teenage Witch” deu lugar a “The Chilling Adventures of Sabrina” numa série que não considero minimamente um remake, mas sim uma interpretação diferente do mundo desta jovem bruxa.

Em The Chilling Adventures of Sabrina há momentos tipicamente adolescentes de descontração sim, mas também há referências a Lucifer, a versos satânicos e ao Livro da Besta. Esta nova versão de Sabrina tem também efeitos visuais muito interessantes; para além da escuridão geral de cada episódio, toda a série parece filmada através de um prima, nunca vi nada assim e acho que contribui imenso para tornar esta série uma excelente opção para este Halloween!

Para os mais novos

Se têm crianças ou pré-adolescentes em casa, não aconselho (especialmente) as duas primeiras séries da lista anterior. A não ser que queiram que eles durmam na vossa cama até, um dia, decidirem sair de casa. Para eles, estas duas vão resultar muito bem como entretenimento de Halloween sem traumatizar ninguém.

    • Arrepios → um clássico da minha época e que está agora disponível no Netlix. Há algo muito giro e original nos episódios dos Arrepios: todas as histórias acabam com uma aprendizagem moral, óptima para os miúdos, do género “não deves mentir” ou “não deves expor os segredos dos outros”, mas explicada de forma subtil e, ainda assim, muito facilmente compreendida pelo público jovem.

  • Creeped Out → uma série recente e perfeita para um público pré-adolescente. Está dobrada em português, curiosamente. Até eu já vi alguns episódios, embora estranhe um pouco porque não gosto de dobragens. A verdade é que as histórias são muito boas e, ainda que sejam mais para um público juvenil, ficamos facilmente agarrados a elas.

Se são mais de filmes do que de séries, também tenho susgestões!

Espero que tenham gostado destas sugestões! Já viram alguma destas séries?
Se são mais pessoas de filmes, também vos posso ajudar. Basta consultarem este meu Guia de filmes para este Halloween por intensidade de susto. 😊

1 Comments

  1. inês says:

    Adorei “A maldição de Hill house” e quero muito ver as outras três que referes. Adoro series de terror 🙂
    mardemaio.blogs.sapo.pt

Leave a comment

Your email address will not be published.

CommentLuv badge