decor,  home,  personal

Detalhes da casa nova: cozinha, sala e varandas

Como vos contei na semana passada – em que publiquei o primeiro post sobre os detalhes da casa nova – dividi estes posts em três, de forma a não vos sobrecarregar de imensas fotos de zonas diferentes cá de casa, logo eu que adoro a organização.
Hoje mostro-vos então alguns pormenores da cozinha, da sala de estar e das varandas.

A cozinha

Se viram a minha casa antiga, devem achar esta cozinha ligeiramente parecida, o que não é nada estapafúrdio, pois fomos nós a escolher novamente os materiais de construção. A cozinha anterior – conforme estava quando vimos a casa pela primeira vez – era completamente diferente. Era gira, em tons de azul, e muito vintage, mas não era um vintage-trendy-moderno em que, apesar do aspecto, é muito funcional. Pelo contrário. Faltava-lhe montes de coisas de que hoje em dia precisamos nas nossas cozinhas. Se quiserem, podem vê-la antes das obras aqui.

Para a nova cozinha, quisemos um feeling meio Brooklyn, com os azulejos a imitar tijolo. Até lhe deu um ar cosy, não acham? 🙂

E não dá para ver nestas fotos, mas cobrimos o chão antigo (do qual eu não gostava nada, mas mesmo nada) com soalho flutuante a imitar madeira. É a única parte da casa que tem chão “falso”, assim como o corredor a seguir à cozinha (não está nas fotos). O resto da casa, com excepção das casas de banho, tem o chão em madeira verdadeira.

Outros pormenores

Este corredor, por exemplo, não é aquele que mencionei na parte da cozinha, mas sim o hall de entrada. Quis à força pendurar estas molduras para, depois, imprimir fotos bonitas das nossas viagens e colocar lá. Como ainda não me decidi pelas fotos, acabei por substituir os papéis que diziam “IKEA” por estes papéis bonitos da Tiger. É uma solução temporária, mas que não é tão feia como ver os papéis a dizer o nome da loja onde comprei as molduras. 😛

A sala

A sala é, para mim, o sítio nas inacabado da casa, mas não permanecerá assim por muito mais tempo. Para a sala já escolhi fotos e já tenho umas molduras bonitas para as pendurar. O espelho (abaixo) estava ali temporariamente, mas já não está. Colocámo-lo ao pé da porta de entrada, o que me dá um jeitão mesmo antes de sair de casa, de manhã.

Sempre quis uma mesa redonda e, uma vez que esta sala é bem maior que a anterior (da casa antiga) pude finalmente tê-la! Esta abre e já teve a nossa família e melhores amigos em jantares memoráveis. As outras cadeiras estão guardadas noutros quartos da casa.

A sala é também onde temos o nosso gira-discos vintage (trazido de França por um familiar do Pedro) e os nossos vinis, cuja colecção vou aumentando sempre que vou à Feira das Almas ou ao Armazém, no Porto.

As varandas

Como já referi algumas vezes aqui, esta casa não tem janelas (excepto na marquise), mas sim varandas, para a frente e para as traseiras. As das traseiras não têm muito para ver; são onde temos as cordas para estender a roupa para secar e tem vista para os prédios de trás. Estas, por outro lado, dão para a frente, onde vemos as palmeiras (e outras árvores) da Quinta das Conchas e dos Liláses e onde observamos o movimento desta zona. Os gatos adoram!

Mas como nas traseiras não passam carros, quisemos que o nosso quarto fosse um dos que é virado para lá.

Aquilo de que mais gosto nestas varandas “da frente” é o facto de se ver a Quinta das Conchas e de ter lá uma mesinha com cadeiras, onde gosto de ler as minhas revistas ao sol e, no verão, onde gosto de escrever “ao ar livre”. Nos dias de verão que passei nesta casa, em 2016, escrevi muitos textos e posts nesta mesinha, com o meu Mac ao ar livre. 🙂

Espero que tenham gostado de mais esta partilha da minha casinha nova.

Para a semana, vou mostrar-vos mais uns detalhes para concluir esta série de posts, embora ainda vá falar de decoração mais vezes aqui.

Espero que tenham um fim de semana hygge maravilhoso! 😀

Se quiserem ver mais, fiquem com outros posts que escrevi sobre a casa:

Detalhes da casa nova: os quartos
Details of my home (a casa antiga)
Uma visita à casa nova (o antes)
Uma visita à casa nova (o durante)
Mudar de casa: os ‘mixed feelings’
A mudança para a casa nova e as despedidas da antiga
Como habituámos os nossos gatos à casa nova

10 Comments

  • Joana

    Não estás a perceber o quão louca por cozinhas sou, adorava espreitar ainda mais a vossa 🙂
    Estou a gostar imenso destas publicações. Beijinhos <3

    • joan of july

      Para já são só os detalhes, mais para a frente vou fazer before&after e aí vai dar para ver melhor. 😉
      Beijinhos*

  • Sandra

    É tão bom criar um espaço nosso e à nossa “imagem”. Eu adoro a sensação de começar de novo que a mudança de casa transmite (nós já mudámos quatro vezes!). Gostei muitos dos teus pormenores mas especialmente do disco dos “The Smiths” <3 Uma das nossas bandas favoritas!

    Beijinhos

    Sandra

    • joan of july

      Quatro vezes? Uau! :O
      Mas sim, também gosto de “começar de novo”, ainda que muitas das coisas sejam as mesmas, o feeling é sempre diferente.
      Também adoramos The Smiths cá em casa (óbvio, né) 😀

      Beijinhos*

  • Joana Santos

    Que casa linda. O meu lugar preferido é a varanda. Estou a apreparar o meu regresso a Portugal e ando à procura de casa em Lisboa. Espero encontrar algo assim deste género, com luz natural e com espaço para pôr decorações bonitas e objectos que lhe dêem um ar muito confortável! :p

    • joan of july

      Muito obrigada, Joana.
      Espero que encontres a casa que queres cá em Lisboa, com muita luz natural, de preferência! 😀

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *