personal

Pedaços do meu Natal

Apesar deste ser o Inverno mais quente de que tenho memória, o meu Natal não foi menos especial por causa disso.
Na verdade, nem tinha grandes expectativas, especialmente porque o Natal de há dois anos foi atipicamente mau e porque se passou aquele azar com a Ryanair no início da semana. Maaasss… a verdade é que, no geral, foi muito bom!

A antecipação do Natal (21 – 23 de Dezembro)

Assim que me vi no Porto, começando no dia 22, já que no 21 cheguei tarde por causa da situação da Ryanair, começaram os passeios longos a pé, as fotos e novas descobertas pela minha cidade. Fui finalmente à loja Máquinas de Outros tempos, que fica perto de casa e tudo!

chico-porto

Antes da véspera de Natal, no dia 23, já estava mais que pronta para as comemorações natalícias, mas também para reencontrar alguns amigos de longa data que vivem longe, mas que regressaram ao Porto para comemorar o Natal.  Já tinha saudades de ir jantar e beber um copo à noite no Porto, confesso!
  photo christmas-ornament_zpsmovvbbae.jpg

 photo arvore-de-natal_zpsa7fpgopl.jpg

A véspera de Natal no Porto – 24 de Dezembro

No dia 24 ao fim da manhã preparei o tradicional brunch natalício que vos mostrei aqui e fui comprar uma última prenda de última hora à baixa onde, curiosamente, até se andava bem. Parece que a maioria das pessoas se preveniu melhor que eu na compra das prendas de Natal. 😛

 photo mesa-de-natal_zps7znplfav.jpg

A troca de prendas – o melhor momento do dia 24, claro, ainda que seja à meia noite – foi ligeiramente diferente este ano, por sugestão do meu irmão. Este ano, escrevemos os nossos nomes em papéis, e cada pessoa retirava um à vez. O nome que calhasse correspondia à pessoa que ia abrir a prenda. Porém, isto só se fazia de 15 em 15 minutos. 😀 Conseguem perceber o suspense em que estive?

Ahahahah.

Quero muito mostrar-vos as prendas que a minha blogger Secret Santa me deu, mas isso vai ficar para outro post. 😉

O Dia de Natal na aldeia – 25 de Dezembro

 photo kali2_zpskkeon8bm.jpg

Contei-vos no ano passado acerca da “minha” casa na aldeia, o Penedo, lembram-se? (podem ler o post e ver algumas fotos aqui) É lá que costumo passar o dia 25 e ver familiares que não costumo ver ao longo do ano.

 photo kali6_zpscyia6rtz.jpg

Mas este ano tivemos uma nova adição à família… a Kali! Kali Minogue como é chamada, é esta cadelinha linda de apenas seis meses (embora pareça maior) que tem uma energia inesgotável e uma enorme necessidade de gastar as pilhas para ver se acalma um bocadinho.
Consta que foi encontrada em Braga, não presa, mas completamente amarrada a um poste. Enfim, mais um espectacular exemplo da maldade humana… Felizmente, a mãe do meu primo encontrou-a e levou-a para o Penedo onde é muito feliz e tem imenso espaço para correr ao ar livre.

 photo aldeia3_zps2kjskxxb.jpg

 photo aldeia2_zpsz80bknzj.jpg

Fiquei tão encantada por ela que não resisti a levá-la a ir dar uma voltinha pelas redondezas (na aldeia de Airães) depois do almoço de Natal.
Por segurança (mais por causa dos carros), levei-a pela trela que também foi uma forma de a habituar a passear desta forma. Devo dizer que, contrariamente ao que esperava, portou-se lindamente! O local escolhido foi o da foto de destaque deste post e o das duas fotos acima. 🙂

 photo kali5_zpsxjujv4am.jpg

 photo kali_zpsgmbbps6t.jpg

 photo kali8_zpszstif8yj.jpg

 photo kali7_zps72rmbxba.jpg

 photo aldeia_zpsheroegmz.jpg

 photo camuflado_zpsec3dcgoa.jpg

De regresso ao Penedo, fui conhecer os novos gatinhos!

 photo black-cats_zpslryyinzi.jpg

 photo black-cat_zpswnvvisqp.jpg

 photo gato-blog_zpsckvmiwho.jpg

Mas quem é que resiste a esta fofura?? Eu… Eu tenho que resistir. Já tenho duas gatas (em casa da minha mãe) que trouxe do Penedo… Uma (a Yumi) tem 9 anos, outra (a Daisy) tem 6. Em Lisboa, já tenho o Loki e a Zelda e dois em cada casa já chega muito bem, não posso trazer mais gatos! Mas poder é uma coisa, querer é outra… Ai estes olhinhos…

 photo cat-and-dog_zpsfum7r65k.jpg

Uma coisa engraçada deste dia foi ver como são os gatos que mandam na quinta. Houve muita gente a levar os cães este ano e houve uma altura em que os cães se aproximaram dos gatos. Achei que os gatos iam fugir, mas nada disso! Vejam a imagem acima e percebem logo. 😛

 photo lua-de-natal_zpszonlm1is.jpg

Mais tarde, nessa noite, vimos uma lua maravilhosa que mais parecia um sol nascente.
A seguir ao jantar, eu e o meu irmão vimos o Harry Potter: o Príncipe Misterioso. Na noite anterior já tínhamos visto a Ordem de Fénix e nunca me canso de ver e rever estes filmes! Ainda por cima quando tenho a oportunidade de os ver à lareira na época mais especial do ano.

O pós-Natal

parque-da-cidade

No dia 26, voltei ao Porto e o meu namorado foi lá ter connosco. Passeámos no Parque da Cidade (em cima) e fomos ver o Star Wars. Nunca fui fã nem gosto minimamente de filmes no e do espaço, mas como os meninos (namorado e irmão) fizeram muita questão, lá cedi. Hmmm… meh… Lamento, mas adormeci algumas vezes na primeira parte. 😡

aniversario-chico

E terminei a minha semana no Porto com o aniversário do meu irmão, como de costume. 🙂
Já viram bem o aspecto deste bolinho caseiro e delicioso que a minha mãe fez? Comprovo que estava tão bom como parece!

E agora?

Agora está a chegar a altura de preparar o ano novo e de definir os objectivos para 2016! Já pensei em vários e até vou partilhar alguns aqui no blog.

E vocês? Já têm planos para a passagem de ano? 😀

3 Comments

  • Marta Chan

    Oh coisa maravilhosa estar com a família e passar o 25 rodeada de seres felpudos fofinhos. Foste forte em não trazer aquela fofura de olhos de gato de Shrek.

    Vennham esses objectivos, confesso que estou curiosa para ver o que pretendes para o ano. Ainda não comecei a fazer os meus! Tenho andado numa de caseira a ver milhentas filmes e consumir livros como gente grande 😀

    Beijinhos catarinuxa!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *