food | Páginas Salteadas | recipes

Páginas Salteadas: Summertime Hygge Cake

14/08/2017

Se não viram na semana passada no blog da Andreia, o livro deste mês a inspirar as nossas criações gastronómicas é O Livro do Hygge, de Meik Wiking. Hygge é o conceito dinamarquês de conforto, que é também um movimento. Normalmente associa-se mais o Hygge ao Inverno, à busca mais incessante por conforto e aconchego através do calor de uma boa lareira, de mantas, livros, bebidas quentes e comfort food.

Mas… e durante o verão? Não há Hygge? Oh sim, se há, e o Hygge durante o verão está também abordado neste livro. Hygge é o ano todo e quando e como quisermos e nos sentirmos mais inspirados e a precisar de conforto.

Para mim, aconchego de verão rima com frescura. E bolos. Sim, bolo é bolo que seja inverno ou verão.

Este bolo é, para mim, um bom exemplo de um summertime Hygge cake. Tem fruta fresca por cima e na própria massa, crème fraîche, hortelã, pouco açúcar… Têm que ver a receita abaixo… Vão ficar cheios de vontade de provar!

 

Summertime Hygge Cake – Ingredientes:

  • 1 chávena de polpa de manga
  • 1/4 de chávena de água quente
  • 1/2 chávena de açúcar (açúcar à escolha, pode ser de côco, por exemplo)
  • 1/2 chávena de leite em pó desnatado
  • 1/2 chávena de iogurte natural
  • 1/2 chávena de óleo de semente de girassol
  • 2 chávenas de farinha de trigo integral
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Cobertura:

  • crème fraîche (podem adoçá-lo com um bocadinho de xarope de ácer ou agave, se acharem necessário);
  • fruta a gosto e outros adornos naturais (eu coloquei umas folhinhas de hortelã).

Modo de preparação

  1. Pré-aquecer o forno a 180°C.
  2. Untar uma forma
  3. Bater a manga, a água, o açúcar, o leite em pó, o iogurte e o óleo.
  4. Juntar a farinha, o fermento e o bicarbonato.
  5. Mexer muito bem.
  6. Passar a massa para a forma e levar ao forno por 30-45 minutos.

É normal a consistência da massa ficar um pouco como se fosse um pudim; este não é um bolo seco e é o meu género favorito de bolo. Adoro bolos húmidos e saborosos! Não vão achá-lo muito doce, mas o objectivo é sentir-se o sabor da manga e não encher o bolo de açúcar. A fruta deve ser a protagonista. 🙂

Acompanhamento – água com aroma

Para aproveitar as sobras da hortelã e dos morangos fiz uma água aromatizada. É deliciosa, bonita de se ver e não tem nada que saber! Vejam as fotos abaixo: é só colocar os ingredientes (o morango e a hortelã) num jarro e juntar a água. Com gelo fica ainda melhor!

In the summertime, you are allowed to go for a wider range of colors, even something crazily flamboyant like gray.”
― Meik Wiking, The Little Book of Hygge: Danish Secrets to Happy Living

Espero que tenham gostado desta receitinha tão aconchegante para tardes de verão em boa companhia e bebidas frescas. Querem espreitar a receita das Páginas Salteadas do mês passado? Vejam-na aqui.

Convido-vos ainda a visitar este meu post em que falei do Livro do Hygge e do próprio conceito de Hygge com algumas fotos que, para mim, o representam tão bem.

Entretanto fiquem com os blogs das minhas parceiras de projecto (a Andreia já publicou a sua receita Hygge deste mês!):

Joana Clara, Às Cavalitas do Vento
Vânia Duarte, Lolly Taste
Andreia Moita, Andreia Moita Blog

Only registered users can comment.

  1. Fiquei com vontade de lanchar este bolo, tem um aspecto delicioso! E concordo contigo, bolos húmidos são sempre mais apetitosos do que os secos, eheh. Acho que o que mais me encantou foi o sabor a manga. Talvez o experimente aqui em casa mas com frutas diferentes no topo 🙂

    Beijinhos!

    1. Obrigada! 😀
      São mesmo! Dos meus favoritos. Tens que experimentar este, mesmo que seja sem a cobertura. Ele sozinho é delicioso também e até é saudável. 😀

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *