14/08/2020
Fábrica Abandonada em Valada (e a magia dos locais abandonados)

Fábrica Abandonada em Valada (e a magia dos locais abandonados)

Há algo que me atrai nos edifícios abandonados. Não sei bem se é o aspecto do abandono em si, se a cuirosidade pela história por detrás dele, se bem que nunca a descubro.
Quem segue este blog, é capaz de já ter visto fotos da minha visita ao Edifício Panorâmico do Monsanto, um dos edifícios abandonados mais conhecidos de Lisboa. E hoje venho partilhar novamente imagens de uma visita mais recente a outro local abandonado, desta vez, uma fábrica.

No dia 29 de Agosto, um dos dias do festival Reverence Valada, fomos explorar as redondezas logo a seguir ao pequeno-almoço. Ainda faltava muito tempo para os concertos do dia começarem, por isso inventámos a nossa própria actividade.

Já tínhamos passado por esta fábrica no ano passado e tínhamos ficado com o bichinho da curiosidade. Sabíamos que seria uma visita obrigatória no ano seguinte (este ano), por isso nem hesitámos!

 photo fabrica-abandonada-blog_zpsotnay60f.jpg
A exterior da fábrica

A entrada pela porta principal não foi propriamente fácil, uma vez que não abria completamente e estava enferrujada, mas nada que não se conseguisse com a força da motivação.

E aqui está o interior da fábrica!

 photo inside2-blog_zpsegtroowm.jpg

 photo interior-fabrica-blog_zpsw9zvzmdq.jpg

 photo sofa2-blog_zpswqbyzspp.jpg

 photo sofa-blog_zpsg2igxor8.jpg

 photo abandoned-blog_zpsbagtuwgp.jpg

 photo detail2-blog_zpsghtji1l3.jpg

 photo arquivos-blog_zpsdjrek1gv.jpg

Abri (com o pé) uma destas pastas e vi registos de 1995, só para vos situar temporalmente nos últimos anos de funcionamento desta fábrica.

 photo corredor-blog_zpsndud9nrl.jpg

 photo tree-blog_zpsncxaf3li.jpg

 photo bird-blog_zpsjilmocwu.jpg

 photo structures-blog_zps79gctijv.jpg

 photo empty-bottle-blog_zpsuc810qut.jpg

 photo racoes-ribatejo-blog_zpsq5xy21mo.jpg

O decifrar do “mistério”: esta fábrica seria então a fábrica da Ribatejo Rações!

 photo for-sale-blog_zpsh8mcryiy.jpg

 photo vende-se-2-blog_zpsrmzixyl4.jpg

 photo boot-blog_zps1lghfyyu.jpg

 photo papers-blog_zpsiqxbiopc.jpg

Já fora da fábrica, nas imediações, encontrámos alguns animais amistosos.

 photo goat-blog_zps89rj2gad.jpg

 photo donkey-blog_zps6a7y4zed.jpg

 photo horses-blog_zpsqwelzxst.jpg

 photo snails-blog_zpshcv4sfhd.jpg

Mas a fábrica não é o único edifício abandonado desta zona, podendo ser observados muitos outros , como é o caso deste abaixo que não faço ideia do que terá sido.

 photo outside-blog_zpsbj0wmdie.jpg

 photo nests-blog_zpsgnqsfnvt.jpg

 photo valada-blog_zpspj0ibmce.jpg

Acho que, após esta visita, percebi mais um bocadinho sobre o que me atrai nos locais abandonados. E é tão simples como:

  • Gosto de procurar por pistas para poder situar temporalmente a altura entre o funcionamento do local e o seu abandono;
  • Gosto de observar as suas divisões e imaginar para que serviriam e o que seria lá feito na altura em que ainda funcionava;
  • Gosto de me aperceber do poder na natureza e do tempo na arquitectura do homem; ver que lá dentro cresce vegetação selvagem, que diversos animais se apoderaram do edifício e que mesmo as estruturas mais fortes vão sofrendo com o passar do tempo;
  • Gosto de procurar por evidências recentes da passagem de outras pessoas por lá.

E vocês? Gostam deste tipo de visitas? Também vos atraem os edifícios abandonados? Conhecem mais na zona do Porto ou Lisboa? 😀

11 thoughts on “Fábrica Abandonada em Valada (e a magia dos locais abandonados)

  1. Eu adoro edifícios abandonados, esses pontos que mencionas são também os meus maiores “motivadores”, mas tenho de acrescentar mais um: eu adoro poder inventar histórias sobre o que se poderia ter passado ou não. Vejo uma mansão abandonada da minha casa e roo-me de curiosidade de a poder conhecer (já inventei tanta história), mas está tão bem defendida que é impossível pensar em entrar. Aposto que tb ias delirar! 🙂

    1. Uau, minas? Really? :O
      Adorava ir conhecê-las! Parecem-me ser realmente um sítio interessantíssimo para fotografar. 😀

      1. Não sei se te fica propriamente perto ou não, mas mesmo que um dia passes por lá, há umas minas perto das Ermidas do Sado, as minas do Lousal (http://www.lousal.cienciaviva.pt/home/) e recentemente abriram uma das antigas galerias para que os visitantes pudessem ir lá dentro. A visita geral para conhecer a mina dura 2h e tem um custo de 5€, vale bem a pena! 😀

  2. Quando era mais nova, costumava ir com o meu pai ver casas abandonadas, em grandes herdades, algumas até eram ao estilo de palacete… um máximo, portanto. E adorava! Todas tinham uma história, importante ou não, e os objectos que ficavam para traz tinham um tempo na história ou um significado qualquer pela forma como foram deixados.
    Realmente conhecer esses lugares é sempre como aprender algo novo 😀

  3. Eu fico sempre curiosa com os registos e pastas dentro de edifícios abandonados, e acho fascinante caminhar por corredores! Imagina então no hospital! Nós temos que ir!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *